Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Siemens está proibida de fechar contratos com poder público até 2018

28 FEV 14 - 23h:00Folhapress

A multinacional Siemens está proibida de fechar contratos com órgãos da administração pública até julho de 2018 em virtude de punição aplicada pela ECT (Empresa brasileira de Correios e Telégrafos) em processo administrativo.

A penalidade de impedimento de contratar com o poder público por cinco anos foi determinada pelos Correios em 2009 sob a acusação de que a empresa alemã havia cometido fraudes em licitações da estatal em 2001 e 2004.

A Siemens buscou a Justiça para derrubar a medida e obteve sucesso em 2010 e 2013, mas em janeiro último o TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região julgou válida a penalidade aplicada pelos Correios.

Com o desconto dos períodos em que a punição esteve suspensa, a proibição vai até 26 de julho de 2018, de acordo com publicação da estatal no Diário Oficial da União.

Em nota, a multinacional afirma que "está recorrendo da decisão" do TRF.

"Uma proposta da Siemens de voluntariamente restringir seus negócios com a empresa por um período equivalente de tempo, que encerraria a disputa judicial, não foi aceita pela ECT", segundo a multinacional alemã. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

TEMPO

Calor e baixa umidade continuam durante a semana

Máxima no Estado deve chegar a 43°C
Exposição resgata memórias do Pantanal
HISTÓRIA

Exposição resgata memórias do Pantanal

SAÚDE

Pouco invasiva, técnica brasileira inova ao usar 'prótese bovina' para coração

CIÊNCIA

Pesquisadores demonstram beneficios do lítio para idosos com Alzheimer

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião