Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

HABEAS CORPUS

Sidlei é libertado após um mês de prisão

31 MAI 2011Por DOURADOS AGORA00h:00

Depois de um mês de preso, o ex-vereador Sidlei Alves, acusado de participar da Máfia dos Consignados, deixou no final da tarde de ontem o Presídio de Segurança Máxima Harry Amorim Costa. De acordo com informações da defesa do réu, o advogado João Arnar, ele recebeu benefício de habeas corpus.

Segundo o advogado, a juíza da 1ª Vara Criminal, Dileta Terezinha, aceitou o argumento da defesa de que não havia motivos para que Sidlei continuasse preso, tendo em vista que possui residência fixa, família constituída, que os fatos que lhe são imputados ocorreram em datas anteriores à renúncia do cargo de presidente da Câmara Municipal de Verea-dores desta cidade, e que, “não há, portanto, mais risco para a ordem pública ou para a conveniencia da instrução criminal, posto que, as testemunhas já foram todas ouvidas nos autos”, disse.

Preso há 30 dias, Sidlei Alves foi preso junto com ex-vereador Humberto Teixeira Júnior e do ex-assessor parlamentar Rodrigo Terra, além do ex-diretor da Câmara Amilton Salina. No último dia 19, a juiza Dileta Terezinha Tomaz revogou a prisão preventiva do ex-vereador Humberto Teixeira Júnior e do ex-assessor parlamentar Rodrigo Terra. O ex-vereador Sidlei Alves era o único do grupo que continuava preso, até ontem.

Leia Também