Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

ITAPORÃ

Sexo explicito com menor vira caso de polícia

11 ABR 2011Por dourados agora08h:00

Um homem de 29 anos foi preso pela Polícia Civil de Itaporã acusado de pedofilia. A prisão aconteceu depois que a polícia recebeu na tarde deste sábado, uma denúncia de uma mãe, dizendo que um vídeo com cenas de sexo explícito, envolvendo sua filha, uma menor de 17 anos, estava circulando pela cidade, de celular em celular e até mesmo em alguns computadores.

Depois de identificado, o acusado assumiu a autoria do vídeo, mas negou que tenha divulgado as cenas, alegando ter perdido o aparelho celular. Segundo a polícia não foi registrado o Boletim de Ocorrência de perda ou extravio do aparelho.

Segundo o delegado de polícia Wisnton Ramão Albres Garcia, o acusado foi indiciado com base nos artigos 240 e 241-A do Estatuto da Criança e do Adolescente, mas vai responder em liberdade.

“Aqueles que possuem o vídeo armazenados em celular ou computador, serão indiciados com base no artigo 241-B do ECA, com pena de reclusão de 1 a 4 anos, e multa”, disse o Delegado. (Colaborou Antônio Carlos Ferrari)
 

Leia Também