Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

OUTRO LADO

Setores sem benefício reclamam de restrição de IPI que foi prorrogado

31 AGO 12 - 03h:00ADRIANA MOLINA

O governo prorrogou a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) na linha branca, móveis, materiais de construção e veículos, mas nem todos comemoram a medida. Se por um lado concessionárias, lojas de eletrodomésticos, construção e móveis festejam a expectativa de mais alguns meses de aumento nas vendas, por outro, há segmentos do varejo sentindo-se prejudicados.

Isso porque a disparada no consumo, principalmente de carros e de produtos da linha branca, elevou significativamente o comprometimento da renda familiar. O cenário fez com que os consumidores apertassem os cintos, abrindo mão da compra de outros produtos, causando desaceleração nas comercializações desses segmentos.
 

Leia mais no jornal Correio do Estado

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

VAZA-JATO

Procuradores trocaram mensagens sobre Flávio Bolsonaro, afirma site

BRASIL

Marinha proíbe uso de celular em suas instalações

Deputados propõem liberar venda de remédios sem aval da Anvisa
ECONOMIA

Deputados propõem liberar venda de remédios sem aval da Anvisa

Ministro diz a caminhoneiros que tabela do frete será suspensa nesta segunda
ECONOMIA

Ministro diz a caminhoneiros que tabela do frete será suspensa nesta segunda

Mais Lidas