Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 10 de dezembro de 2018

CONTAS

Setor público tem superávit de R$ 7,9 bi

31 MAR 2011Por g112h:03

Com um forte superávit nas contas dos estados e municípios, o setor público consolidado (que também inclui o governo e as empresas estatais) registrou um superávit primário, ou seja, a economia feita para pagar juros da dívida pública e tentar manter sua trajetória de queda, de R$ 7,91 bilhões em fevereiro deste ano, informou nesta quinta-feira (31) o Banco Central.

De acordo com a autoridade monetária, o resultado representa um crescimento de 149% frente ao mesmo período do ano passado, quando o esforço fiscal totalizou R$ 3,17 bilhões. Também representou o melhor resultado para meses de fevereiro. A série histórica do BC, para este indicador, começa em dezembro de 2001.

Governo, estados e municípios
O resultado positivo das contas do setor público se deve, principalmente, aos estados e municípios brasileiros - que registraram um superávit recorde de R$ 4,7 bilhões no mês passado. O valor é o maior para todos os meses, não somente fevereiro.

"No primeiro ano de gestão [dos governadores e prefeitos que acabaram de assumir], há um arranjo das despesas. É natural que, no começo de governo, você tenha essa reorganização das despesas e, que a pessoa que entra no governo, organize as suas contas [e, com isso, demore para começar a fazer os gastos]. O superávit também foi favorecido pelo crescimento da economia. O ICMS [tributo estadual] reflete o ciclo econômico e tem crescido de forma significativa", explicou Tulio Maciel, chefe interino do Departamento Econômico do BC.

As contas do governo, por sua vez, tiveram um saldo positivo de R$ 2,53 bilhões no mês passado, enquanto as empresas estatais registraram um superávit primário de R$ 385 milhões em fevereiro.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também