Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

RECORDE

Setor de vendas diretas fatura R$ 26 bilhões

28 JAN 2011Por INFOMONEY19h:30

O faturamento do setor de vendas diretas apresentou recorde em 2010, atingindo R$ 26 bilhões. Frente a 2009, houve uma alta real de 11,3%, descontada a inflação de 5,9% do período. Sem a inflação, o crescimento foi de 17,2%.

No ano passado, o setor foi responsável pela geração ou complementação de renda de 2,74 milhões de famílias brasileiras, alta de 12,2%, frente aos 12 meses anteriores.

Em 2010, a produtividade média dos revendedores em atividade registrou crescimento de 4,4%, na comparação com 2009.

Os dados fazem parte de um levantamento realizado pela ABEVD (Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas) e divulgado nesta sexta-feira (28).

Renda para os trabalhadores
Para o presidente da entidade, Paulo Quaglia, os resultados apresentados demonstram a importância que o setor tem para a economia brasileira. “O aumento constante no número de revendedores cadastrados revela que as vendas diretas cumprem um importante papel social em termos de geração de oportunidade de trabalho e renda”, diz.

Ele acrescenta ainda que, atualmente, os profissionais têm consciência de que o sucesso das vendas depende da conveniência oferecida e das respostas rápidas ao comprador, além de fatores como a construção e o aumento da rede de relacionamentos, inclusive com apoio das mídias sociais, o desenvolvimento de ações estratégicas, criatividade, promoções, entre outros.
 

Leia Também