Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

domingo, 17 de fevereiro de 2019 - 13h02min

Setor da celulose transforma perfil industrial do Estado

6 JUL 10 - 07h:41
Carlos Henrique Braga

Resultados de 2008 da Pesquisa Industrial Anual, divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram Mato Grosso do Sul com menos fôlego industrial do que hoje. O peso da carne era maior (MS foi segundo produtor de carne fresca e refrigerada do Brasil naquele ano) e o setor de papel e celulose, que mudou o perfil da exportação, ainda não figurava entre os líderes do comércio exterior. A mineração também deu impulso à indústria desde então, após um 2009 de agonia provocada pela crise no mercado internacional.
Indústrias de celulose e papel, que não aparecem na lista do IBGE, estavam em finalização das obras em Três Lagoas em 2008. Fibria (na época VCP) e International Paper promoveram a cidade a líder em exportações em MS e 56ª no Brasil. Em maio, segundo Ministério do Desenvolvimento, as vendas de celulose representaram 11,6% do comércio internacional de MS (US$ 116 milhões), abaixo de grãos e carnes.
“A carne ainda tem o principal peso (na exportação), mas o setor de mineração, por exemplo, está em franca expansão, e exportou 249% a mais frente a 2009”, analisa o presidente da Federação das Indústrias do Estado (Fiems), Sérgio Longen.
O setor já figurava entre os destaques da indústria em 2008, com 1,5% da produção industrial brasileira naquele ano (6,3 milhões de toneladas), correspondente ao terceiro lugar no ranking liderado por São Paulo (248,6 milhões de toneladas). “Agora passamos a agregar valor a esse minério, produzindo mais ferro-gusa e, em dois anos, devemos estar produzindo aço também”, afirma Longen.
Para o presidente, a pesquisa do IBGE trabalha sobre “fatos consumados”, daí o atraso na divulgação; por sua vez, a federação lança mão de projeções, como a de que a exportação alcançará US$ 430 milhões neste ano.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Crianças são encontradas mortas em desabamentos após temporal
INTERIOR SP

Crianças são encontradas mortas em desabamentos após temporal

PREÇOS DOS COMBUSTÍVEIS

Após três quedas seguidas, gasolina volta a subir em Campo Grande

Etanol apresentou redução e diesel ficou estável, segundo ANP
Candidatos chegam mais cedo por preocupação com mudança no horário
CONCURSO PÚBLICO

Candidatos chegam mais cedo por preocupação com horário

Em janeiro, 490 empresas foram abertas em Mato Grosso do Sul
ECONOMIA REGIONAL

Em janeiro, 490 empresas foram abertas em Mato Grosso do Sul

Mais Lidas