Terça, 20 de Fevereiro de 2018

Setor agrícola rechaça possível estatização do mercado de grãos

28 FEV 2009Por 11h:00
     

 

As principais entidades agrícolas da Argentina rechaçaram neste sábado a possível estatização do comércio de grãos. O governo avalia mecanismos para intervir em um setor com o qual mantém um duro conflito desde o ano passado.


        

A Argentina, um dos maiores produtores de alimentos, estuda criar mecanismos para intervir no mercado de grãos e gado, afirmaram fontes do governo na sexta-feira. As versões mais radicais mencionam a possível estatização das operações de comércio exterior.


        

Sob o título "Argentina em retrocesso", as principais entidades agropecuárias e as bolsas de comércio cerealistas publicaram neste sábado uma anúncio nos principais jornais do país opondo resistência às possíveis medidas.


        

Com informações do Estadão

Leia Também