Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

Três Lagoas

Sesi faz 11,2 mil atendimentos no Esporte Cidadania

21 NOV 2010Por Da Redação09h:33

A 6ª edição do Projeto Esporte Cidadania, promovido pelo Sesi em parceria com a Rede Globo e Prefeitura Municipal de Três Lagoas, atraiu 2.098 pessoas e realizou 11.262 atendimentos neste sábado (20/11) na Arena Mix. “Essa é a primeira edição realizada em Três Lagoas e vem ao encontro da nova realidade do município, pois a cidade é predominante um ambiente industrial com um grande contingente de industriários. O nosso objetivo é proporcionar a eles um momento para que possam cuidar do corpo, da mente e da alma por meio da prática esportiva”, disse a superintendente do Sesi, Maura Gabínio.

Para ela, os benefícios da prática regular de esporte são incontestáveis, como o maior rendimento no trabalho e melhorias na saúde e no relacionamento com a família e comunidade, desenvolvendo o espírito de equipe e o respeito ao próximo. “O objetivo do Esporte Cidadania é divulgar hábitos de vida saudável, entre eles, a importância do esporte para a melhora na qualidade de vida da comunidade”, destacou, completando que a escolha por Três Lagoas também faz parte de um plano do Sesi de levar o projeto – antes realizado em Campo Grande – ao interior do Estado.

“Estamos muito felizes por mais essa ação do Sesi para oferecer lazer à população e também por chegar, pela primeira vez, aonde moram as pessoas. O local escolhido nos possibilitou esta proximidade a uma região carente neste tipo de evento”, comentou o gerente do Sesi de Três Lagoas, Cleber Pacheco, completando que o Esporte Cidadania foi bastante produtivo apesar da chuva que caiu sobre a cidade praticamente durante todo o sábado, atingindo parte das metas estipuladas pelo Sesi de realizar 12 mil atendimentos e atrair 4 mil pessoas.

“Apenas em público não foi possível. O fator tempo impediu que muitas pessoas viessem e impossibilitou que atingíssemos a meta de quatro mil pessoas”, analisou o gerente do Sesi de Três Lagoas, reforçando que a ação superou as expectativas no que se refere a parcerias, já que foram 48 parceiros contra as 30 esperadas para o evento, sendo que o mesmo aconteceu com o número de voluntários, que chegou a 360 pessoas contra as 260 esperadas.

O evento, realizado em todo o País como forma de difundir a inclusão da prática de esportes no dia-dia da população para promover a cidadania, teve início às 8 horas e terminou às 17 horas, sendo que os serviços mais procurados pela população foram lazer e recreação com 5,5 mil atendimentos. Na área de cultura e esporte foram mais 3 mil atendimentos, enquanto na educação e profissionalização foram outros 1,2 mil, seno que em saúde mais 1 mil e 383 atendimentos em outros serviços, como cortes de cabelo e cidadania.

Márcia Leal foi uma das que aproveitou as áreas de recreação do evento com o filho. “Quando cheguei, o levei ao dentista e depois seguimos para a área dos brinquedos. Esta iniciativa foi muito boa. As crianças do bairro, assim como o meu filho, não têm parques ou espaços para o lazer perto de casa”, disse. Assim como ela, o técnico mecânico Marcos Saraiva, 37 anos, aproveitou para passar a tarde de sábado com a esposa e os dois filhos na Arena Mix, sendo que a esposa também cuidou da saúde bucal dos filhos para depois deixá-los brincar. “Três Lagoas tem bons locais de lazer, como a Lagoa Maior, ou até mesmo aqui na Arena Mix, mas faltam eventos como esse para melhor ocupar estes espaços”, pontuou.

Já o armador Francisco Costa, 54 anos, aproveitou para cuidar da saúde. “Eu deixei os afazeres da casa para aferir a pressão arterial e os índices de glicemia. Minha esposa está internada e eu estava fazendo a faxina de casa, mas deixei tudo pela metade para vir aqui”, garantiu. O Projeto Esporte Cidadania ofereceu o total de 113 serviços à população, entre eles os campeonatos de vôlei e futebol de areia, capoeira, judô, emissão de documentos (RGs), oficinas de pipas para crianças e de tapetes e sabonete para adultos, área de recreação, jogos de mesa, assessoria jurídica, assistência do Procon, orientações sobre exploração sexual infantil, apresentações teatrais e musicais.

Na área de saúde, foram proporcionados teste de glicemia rápido, aferição de pressão arterial, avaliação do IMC (Índice de massa Corpórea), medição de antropometria (altura e peso), massagem e orientações sobre hanseníase e tuberculose. “Além disto, trouxemos algumas novidades, como a apresentação de aeromodelismo, de manobras radicais com motos, motocross e exposição de gaiolas”, completou Cleber Pacheco.

Participaram como parceiros no evento Núcleo Hemoterápico, Sejuvel, Aems (Educação Física), Sesc, dupla sertaneja Marcos Rogério e Carlos, Autocross Gaiola Clube, Grupo de Teatro Identidade, Associação Guerreiros do Wheeling, Maik e Banda, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, CMDCA, Concex, Vila Vicentina, Associação Comercial de Três Lagoas, Sebrae, Secretarias Municipais de Meio Ambiente e de Assistência Social, Izabel Araújo Cézaro, Otaviana Prado Camargo e Grupo Escoteiros Guaicurus.

Leia Também