Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

Servidores terão o maior feriado do ano

25 OUT 2010Por DANIELLA ARRUDA05h:15



Servidores públicos estaduais, do Judiciário e da prefeitura de Campo Grande terão nesta semana o maior feriado prolongado do ano, em decorrência da junção do Dia do Servidor, comemorado 28 de outubro, com ponto facultativo de 1º de novembro, véspera do Dia de Finados. Já para o setor comercial, instituições financeiras, supermercados e agências dos Correios, o funcionamento será normal nesta semana e também na segunda-feira, dia primeiro de novembro, porém todos fecham no feriado de Finados, na próxima terça-feira (2).
Para a Justiça e o Ministério Público estaduais, o último dia de expediente desta semana será na quarta-feira — serão ao todo seis dias de recesso e nesse período haverá plantão de atendimento somente por telefone. Já o Governo do Estado e a prefeitura da Capital optaram pela transferência do feriado do Dia do Servidor para a sexta-feira. As repartições públicas ficam abertas somente até quinta-feira, retornando o atendimento após o feriado de Finados. Serviços públicos considerados essenciais estão mantidos. A Justiça Federal e o Ministério Público Federal também fecharão a partir de quinta-feira, retornando apenas na quarta-feira da semana que vem.

Shopping e lotéricas
No Shopping Campo Grande, todas as lojas, inclusive âncoras, fecham nessa data e as portarias do centro comercial abrem às 10h, somente com praça da alimentação e cinemas funcionando. Já no caso das casas lotéricas, segundo informações do sindicato do setor, a abertura no dia de Finados dependerá de cada empresário, porém a tendência é que todos fechem na terça-feira da semana que vem, o mesmo devendo acontecer em todos os segmentos do setor comercial, com exceção apenas dos postos de combustíveis.

Eleições
O maior feriado prolongado do ano em Mato Grosso do Sul coincide ainda com o segundo turno das eleições, que acontece no próximo domingo. No primeiro pleito, realizado no dia 3 deste mês,  1.392.464 eleitores compareceram às urnas de Mato Grosso do Sul, o que representa 82% do eleitorado do Estado.
 O índice de abstenção foi de 18%, representando um total de 308.448 eleitores que deixaram de votar. Destes, somente 104.999 justificaram a ausência na votação no Tribunal Regional Eleitoral de MS (TRE/MS).

Leia Também