sábado, 21 de julho de 2018

Dourados

Servidores protestam por reajuste

10 DEZ 2010Por Fábio Dorta, de Dourados03h:55

A prefeita interina de Dourados Délia Razuk (PMDB) enfrentou na manhã de ontem na Câmara Municipal o primeiro protesto contra sua administração. Servidores administrativos da Secretaria de Educação promoveram um ‘apitaço’ durante a sessão ordinária convocada para abrir comissões processantes contra os vereadores presos na Operação Uragano da Polícia Federal.

Eles protestaram contra o fato de a prefeita ter anunciado na semana passada reajuste salarial que varia de 30% a 70% para 1,5 mil dos cerca de 7 mil servidores da administração. Os educadores reclamam que boa parte dos servidores ficou de fora do pacote.

Vários manifestantes levaram cartazes acusando a prefeita de tê-los excluído do reajuste salarial. Muitos, além de apitos, utilizavam narizes de palhaço. De acordo com o presidente do Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação, José Carlos Brumatti, a prefeita cometeu um erro ao ter beneficiado apenas alguns setores do funcionalismo. Segundo ele, a categoria não descarta a possibilidade de entrar em greve. Délia disse que está à disposição para conversar sobre a questão.

Leia Também