segunda, 16 de julho de 2018

Servidores do Ministério do Trabalho ameaçam parar

25 AGO 2009Por 08h:00
     

 

 

Servidores do Ministério do Trabalho ameaçam paralisar suas atividades hoje (25), reivindicando a aprovação do plano de cargos salários (PCS) pelo Ministério do Planejamento e a redução da jornada de trabalho para 30 horas semanais.

 

A decisão foi tomada por representantes dos trabalhadores de 24 estados no último dia 16 e referendada em assembléias realizadas em todo o país.

 

O plano, segundo ele, foi protocolado no Ministério do Planejamento em fevereiro, pelo ministro do Trabalho Carlos Lupi. ?A nossa expectativa é de que saia esse ano, mas a Lei Orçamentária se encerra em 31 de agosto, e o ministro do Planejamento [Paulo Bernardo] está falando que o cobertor está curto e eles querem cortar gastos?, afirmou.

A reivindicação de um novo PCS, de acordo com o sindicato, vem desde 1988.

 

Os trabalhadores reclamam das atuais condições de trabalho e do baixo valor do vale-refeição de pouco mais de R$ 6.

 

 

Com informações da Agência Brasil

Leia Também