Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Serra mantém a dianteira em MS

23 JUL 10 - 08h:17
adilson trindade

Dez pontos separam o tucano José Serra da petista Dilma Rousseff na corrida presidencial em Mato Grosso do Sul. A pesquisa do Ibrape realizada para o Correio do Estado, com 1.119 eleitores em oito regiões, aponta Serra com 42% das intenções de voto contra 32% de Dilma. A candidata do PV, senadora Marina Silva, aparece com 8%. Brancos e nulos somam 4% e 14% declararam estar indecisos. A margem de erro estimada é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 96%.
A pesquisa mostra semelhança no desempenho dos dois principais candidatos no período de abril a julho. Serra avançou quatro pontos percentuais passando de 38% para 42% das intenções de voto, enquanto Dilma cresceu três pontos, subindo de 29% para 32%. Marina, por sua vez, subiu de 6% para 8%.
A diferença em abril de Serra para Dilma era de 9 pontos percentuais, hoje é de 10. Portanto, os dois cresceram praticamente na mesma proporção na corrida presidencial, levando-se em conta a margem de erro de três pontos.

Regiões
Serra lidera praticamente em todas as regiões de Mato Grosso do Sul. A pesquisa mostra equilíbrio entre os dois principais candidatos a presidente apenas na região do Pantanal (Corumbá). Serra e Dilma estão empatados com 35% das intenções de votos, enquanto Marina apresenta o melhor desempenho na pesquisa: 11%.
Segundo o Ibrape, o melhor desempenho de Serra foi na Região da Grande Dourados, segundo maior colégio eleitoral do Estado. Lá, ele obteve 48% das intenções de voto e Dilma recebeu apenas 29%. A diferença entre os dois é de 19 pontos percentuais. Em relação às demais regiões, esta é a maior margem a favor do tucano. Essa vantagem se dá na região que reúne mais de 355 mil votos, de acordo com dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).
A petista, no entanto, é a preferida dos eleitores da região do Vale do Ivinhema. Ela obteve 44%. É o seu melhor desempenho por região do Estado. O tucano recebeu 34%. Só que este colégio eleitoral congrega pouco mais de 86 mil eleitores.
Em Campo Grande, maior colégio do Estado, com quase 600 mil eleitores, Serra lidera a preferência com 41% das intenções de voto. Dilma tem 33% e Marina está com 8%.
No norte de Mato Grosso do Sul, Serra tem 43% das intenções de voto contra 29% de Dilma e 3% de Marina. O tucano também é o candidato preferido dos eleitores do cone sul, onde obteve 41%, contra 28% da petista e 6% de Marina.
No terceiro maior colégio eleitoral, a região do Bolsão, Serra atingiu 39% das intenções de voto; Dilma, 33% e Marina, 7%. No sudoeste, região de Aquidauana, Serra tem 39%; Dilma, 34% e Marina, 10%.

Espontânea e rejeição
Na pesquisa espontânea, quando o eleitor diz em quem vai votar sem consultar a lista com os nomes dos candidatos, Serra foi mencionado por 24% dos entrevistados, Dilma alcançou 20% e Marina, 4%. Metade dos eleitores está indecisa, 1% citou outros nomes; brancos e nulos somam 1%.
Dilma tem o maior índice de rejeição, 24%, seguida por Marina, 22% e Serra, 19%.
A pesquisa Ibrape foi realizada entre os dias 15 e 18 de julho e registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número 20074/2010. (colaborou Maria Matheus)
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

RESTRIÇÃO

Trump limitará vistos para grávidas para frear 'turismo de maternidade'

Mesmo sem confirmar convite, Regina Duarte escolhe 'número 2' da Cultura
SECRETARIA

Mesmo sem confirmar convite, Regina Duarte escolhe 'número 2' da Cultura

NESTE ANO

Governo vai alterar sistemática de correção do salário mínimo, diz Waldery

Petrobras reduz preço da gasolina e do diesel para distribuidoras
REAJUSTE

Petrobras reduz preço da gasolina e do diesel para distribuidoras

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião