TRÊS JOGOS

Série B do Estadual começa hoje

Série B do Estadual começa hoje
14/07/2012 10:34 - diário online


A Série B do Campeonato Estadual de Futebol começa hoje (14) com três jogos: Campo Grande x Corumbaense, no estádio Jacques da Luz; Coxim x Novoperário, no Carecão, em Camapuã; e União x Bonito, em Dourados. A primeira rodada termina no domingo com o confronto entre Camapuã e Portuguesa, de novo no Carecão. Um dos favoritos ao título, o Carijó da Avenida estreia às 15 horas. Treinando há mais de 30 dias, a equipe comandada pelo técnico Cláudio Roberto, campeão da Série A pelo Águia Negra, vai em busca dos três pontos, mesmo jogando na casa do adversário.

"Tivemos um tempo considerável de treinamento. Fizemos cinco jogos treinos, o que é importante, independente da qualidade dos adversários. Era treinar durante a semana e jogar no fim de semana, que é essa programação que vamos ter a partir do momento que começa o campeonato", afirmou o treinador ao Diário. O fato de conhecer boa parte do elenco, com quem trabalhou na disputa da primeira divisão, ajudou a deixar o time encorpado já para este primeiro jogo.

A partida entre Campo Grande e Corumbaense será apitada por Paulo Henrique Salmazio. Claysson Vieira de Morais será o assistente número 1 e Valcedi Abreu da Silva o número dois. Na segunda rodada da Série B, o alvinegro pantaneiro recebe o Sidrolândia no Arthur Marinho. Os dois melhores da chave avançam para a segunda fase.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".