Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 10 de dezembro de 2018

comportamento

Ser vegetariano pressupõe elevação espiritual, diz esotérica

25 MAR 2011Por terra23h:00

Os mais famosos adeptos do vegetarianismo são: Richard Gere, Michelle Obama, Pâmela Anderson, Brad Pitt, Leonardo Di Caprio, Orlando Bloom, Liv Tyler, Jared Leto além dos célebres: Bernard Shaw, Isaac Newton, Leon Tolstoi, Isadora Duncan, Pitágoras, Rousseau, entre outros. Além disso, os mais fortes mamíferos terrestres são vegetarianos (elefante, rinoceronte, hipopótamo, búfalo, bisonte, boi etc).

É importante compreender que não somos seres humanos passando por uma experiência espiritual, somos seres espirituais passando por uma breve experiência humana para aprendermos com os animais. Assim, à medida que o espírito purifica, o corpo que o reveste se aproxima igualmente da natureza espírita. A matéria se torna menos densa, não mais se arrasta em sofrimento, as necessidades físicas são menos grosseiras e não existe mais a necessidade de destruir os seres vivos para se alimentar.

O espírito por ser mais livre, tem percepções que, para os demais, são desconhecidas; vê pelos olhos do corpo o que apenas pelo pensamento se pode imaginar. Esta purificação de quem é vegetariano se reflete na perfeição moral, em que as paixões brutais se enfraquecem e o egoísmo dá lugar a um sentimento fraternal.

Sabemos que o consumo da gordura e proteína animal (que se iniciou há dois milhões de anos) interferiu no crescimento do nosso cérebro até chegar ao tamanho atual. Também, de que os seres humanos são onívoros por natureza, ou seja, digerem vegetais e carne. Mas entendo que a opção de não ingerir carne é inteligente, já que significa a faculdade de ter agudeza, perspicácia, habilidade e entendimentos secretos. Ora, isto indica que o vegetariano percebe o todo, o Deus manifestado em tudo, nos animais, aves, vegetais e minerais.

Quer se tornar vegetariano? Ótimo, mas a mudança de alimentação deve ser feita de modo gradual e, na minha opinião, levará dez anos para reduzir a carne do seu consumo diário. Portanto, nada de radicalismo. O mais importante é ter uma variedade de alimentos para que a dieta vegetariana forneça os nutrientes que o corpo precisa.

Existem diferentes tipos de vegetarianos:

Ovolactovegetarianos (vegetarianismo): não consomem carne de nenhum tipo, mas consomem ovos, leite e derivados.

Lactovegetarianos (vegetalianismo): não consomem nenhum tipo de carne, mas leite e derivados são liberados. O ovo é proibido.

Vegans (ou vegetarismo): não consomem nada de origem animal. Além disso, roupas de couro, lã e seda, não são utilizados. Consomem soja.

Semivegetarianos: são vegetarianos, mas alimentam-se de peixe e aves (este grupo não come carne vermelha).

Macrobióticos: pessoas que se alimentam de cereais integrais, legumes e frutas frescas.

Crudivorismos: só comem vegetais crus.

Frugivorismos: rejeitam a carne e evitam "matar" vegetais. Consomem frutas e castanhas.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também