Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 10 de dezembro de 2018

VITÓRIA APERTADA

Sensação do 1º semestre, Coritiba vai à final

25 MAI 2011Por TERRA23h:04

O Coritiba fez valer novamente o fator casa para ir à final da Copa do Brasil pela primeira vez em sua história. Após o empate sem gols em Fortaleza na semana passada, o clube alviverde que chamou a atenção ao longo deste primeiro semestre de 2011 derrotou nesta quarta-feira o Ceará por 1 a 0, com um belo gol do atacante Anderson Aquino, e decidirá o torneio nacional com o Vasco.

Apesar de pressionar bastante durante o primeiro tempo, o Coritiba só conseguiu definir a classificação no início do segundo tempo. Aos 5min, após jogada indidual, Anderson Aquino acertou um belo chute colocado da entrada da área e selou a classificação do time comandado por Marcelo Oliveira

O Coritiba, que encerrou uma série de três partidas sem vitória e sem gols (havia perdido para Palmerias e Atlético-GO e empatado com o Ceará nos últimos compromissos), agora enfrentará o Vasco na final. O time carioca, que empatou por 1 a 1 no jogo de ida em São Januário, derrotou o Avaí por 2 a 0 em Florianópolis, também nesta quarta.

A primeira partida decisiva Copa do Brasil está marcada para o dia 1º de junho, na próxima quarta-feira. O segundo jogo será realizado sete dias depois, e os mandos de campos serão definidos a partir de um sorteio na CBF.

Como precisava da vitória para avançar à final da Copa do Brasil, o Coritiba tratou de mostrar disposição ofensiva desde os primeiros minutos de jogo no Couto Pereira. A equipe de Marcelo Oliveira tratou de ter a posse de bola no campo de ataque e pouco a pouco foi levando perigo ao gol de Fernando Henrique.

A melhor oportunidade dos anfitriões no primeiro tempo saiu aos 8min, quando o atacante Anderson Aquino buscou o ângulo em cobrança de falta e obrigou o goleiro do Ceará a se esticar para espalmar e evitar o gol.

Passados os 15 primeiros minutos de jogo, o Ceará conseguiu resistir melhor à pressão adversária e também construir lances ofensivos. Na melhor dela, aos 21min, o atacante Marcelo Nicácio cobrou falta, a bola desviou na barreira e o lateral Lucas Mendes tentou fazer o corte para a defesa do Coritiba, mas quase marcou contra: a bola passou por cima da meta defendida por Edson Bastos.

O primeiro tempo no Couto Pereira, então, perdeu em emoção até o intervalo - apesar de o time mandante passar mais tempo no campo rival. A torcida anfitriã só conseguiu comemorar na segunda etapa, quando, aos 5min, Anderson Aquino fez jogada individual, invadiu a área do Ceará e bateu colocado, no ângulo de Fernando Henrique, para marcar o primeiro.

Precisando de pelo menos um gol para classificar o Ceará, o técnico Vágner Mancini recorreu à troca do lateral direito Diego Macedo pelo meia Osvaldo logo após o gol. O time alvinegro, contudo, só conseguiu levar perigo ao gol de Edson Bastos em chutes de fora da área, enquanto o Coritiba seguiu mais ofensivo e consistente. O segundo gol só não saiu aos 21min porque o atacante Bill, após se livrar do zagueiro, chutou da marca do pênalti por cima do gol.

Mancini substituiu Iarley por Washington no Ceará, enquanto Marcelo Oliveira recuou o Coritiba ao sacar Anderson Aquino e Davi e colocar em campo Geraldo e Willian. Contudo, o time curitibano seguiu perigoso, e quase ampliou aos 32min: Léo Gago soltou uma bomba em cobrança de falta e Fernando Henrique jogou para escanteio.

O Coritiba soube se segurar nos minutos finais, e não sofreu pressão apesar do desespero do Ceará para conseguir a vaga. O time paranaense selou a classificação sem grandes problemas, e agora fica a duas partidas de disputar a Copa Libertadores da América de 2012.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também