Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

JURO AGRÍCOLA

Senador apresenta ao BB propostas para redução

21 JUN 12 - 00h:00da redação

O senador Waldemir Moka (PMDB) entregou ontem (20) duas propostas ao Banco do Brasil sobre redução dos juros do crédito rural. O senador foi recebido pelo vice-presidente de Agronegócio da instituição, Osmar Dias, que considerou as propostas adequadas e inovadoras e prometeu encaminhá-las à área técnica para análise.

Uma das propostas preve a redução da taxa de juros para o Plano Safra 2012/2013, de 6,75% para 5% ao ano. Para adotar a medida, os bancos teriam isenção de tributos incidentes sobre as operações de crédito destinado ao setor, como PIS (Programa de Integração Social), Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social), CSLL (Contribuição Social sobre Lucro Líquido) e IR (Imposto de Renda).

De acordo com Moka, o spread bancário (diferença dos juros entre o que o banco paga aos investidores e o que cobra nos empréstimos a pessoas físicas e jurídicas) é fator determinante para a composição dos juros. O senador argumenta que os impostos respondem por 26% do spread.

“A conta é simples. Ao isentar de tributos as operações sobre o crédito agrícola, o governo permitirá que os bancos reduzam a margem de lucro, resultando na queda das taxas de juros ao produtor”, argumenta.

A outra proposta, segundo Moka, prevê igualmente isenção tributária sobre as dívidas consideradas irrecuperáveis pelas instituições financeiras. “A isenção tributária sobre dívidas vencidas e lançadas pode representar um facilitador na recuperação desses créditos”, justificou.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

OPINIÃO

Olivia Garcia C. de Freitas: "Inexigibilidade do Cadastro Ambiental Rural"

Advogada

Felpuda

Funkeiro MC Sapão morre de pneumonia aos 40 anos
RIO DE JANEIRO

Funkeiro MC Sapão morre de pneumonia aos 40 anos

INVESTIMENTO CULTURA

Ancine suspende futuros repasses para o setor audiovisual

Este ano 4 filmes brasileiros foram indicados em Cannes

Mais Lidas