terça, 17 de julho de 2018

Senador aciona Polícia Federal para investigar suposto complô

17 MAR 2009Por 22h:20
     

        A Polícia Federal deve entrar na investigação sobre a venda irregular de casas populares a fim de desvendar os envolvidos no suposto complô para destruir a reputação política do senador Delcídio do Amaral (PT). Hoje, durante entrevista coletiva, o parlamentar revelou que acionou a instituição, pois tem pressa em conhecer a verdade. Contudo, por enquanto, não quer fazer prejulgamento a respeito do envolvimento do deputado federal Vander Loubet (PT) e de integrantes do atual Governo do Estado na operação orquestrada para prejudicá-lo.

O plano veio à tona com a prisão de Ademar Pereira Machado. Em depoimento, após ser flagrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) com identidade falsa, ele revelou operação criada para envolver o senador em esquema de repassar a petistas contratos fraudulentos de casas populares em troca de apoio ao seu candidato a presidente do partido. Como as moradias não seriam entregues, a reputação de Delcídio estaria em jogo, dificultando o seu projeto de conquistar o comando regional do PT e colocando em risco a sua reeleição e o mandato parlamentar.

Leia Também