Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

Senado italiano endurece lei contra imigrantes

24 JUN 2008Por 10h:49
     
        
        O Senado da Itália aprovou nesta terça-feira uma série de medidas sobre segurança, que inclui, entre outros, facilitar a expulsão de imigrantes e frear determinados processos. As novas normas, que agora deverão ser aprovadas pela Câmara dos Deputados, foram aprovadas por 166 votos a favor, 123 contra e uma abstenção.
        Entre as medidas do "pacote de segurança", destaca-se a que considera a imigração ilegal como um agravante, o que significará aumentar em um terço a pena dos ilegais que cometerem um crime na Itália.
        Além disso, será mais fácil expulsar os imigrantes condenados, já que poderão ser repatriados quando tiverem penas superiores a dois anos, e não dez anos, como até então. A nova lei estabelece o confisco do apartamento para quem o alugar a imigrantes, assim como prisão entre seis meses e três anos.
        

Leia Também