sábado, 21 de julho de 2018

Senado decide demitir ex-diretor acusado de atos secretos

29 OUT 2009Por 14h:00
     

        A Mesa Diretora do Senado decidiu nesta quinta-feira (29), por unanimidade, demitir o ex-diretor de Recursos Humanos João Carlos Zoghbi. A decisão foi colegiada a pedido do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), a quem caberia a posição final. O advogado de Zoghbi, Getúlio Humberto Barbosa de Sá, vai estudar os recursos possíveis contra a demissão tanto no Senado quanto na justiça federal. O processo em questão diz respeito a possíveis fraudes na realização de convênios para operação de crédito consignado no Senado. Zoghbi teria usado uma ex-babá como ?laranja? em uma empresa que intermediava convênios com a Casa. Um dos filhos de Zoghbi assumiu a culpa pela empresa de fachada. Zoghbi teria ainda autorizado que alguns funcionários obtivessem crédito com parcelas acima do permitido pela lei, 30% do salário. 

        Com informações do site G1

Leia Também