quinta, 19 de julho de 2018

CERIMÔNIA

Senado dá posse a 54 novos parlamentares

1 FEV 2011Por R711h:03

O presidente do Senado José Sarney (PMDB-AP), deu posse nesta terça-feira (1º) a 54 senadores eleitos no dia 3 de outubro. Eles vão se juntar aos 27 parlamentares que ainda têm mandato até 2015.

Na cerimônia, que terminou por volta das 11h, o ex-presidente e senador recém eleito, Itamar Franco, leu o termo constitucional de posse.

- Prometo guardar a Constituição Federal e as leis do país, desempenhar fiel e lealmente o mandato de senador que o povo me conferiu e sustentar a união, a integridade e a independência do Brasil.

Os demais senadores firmaram o compromisso dizendo “assim prometo”. Dos parlamentares empossados, 17 haviam concluído seus mandatos e foram reeleitos; cinco já foram senadores e estão retornando; e 32 vão estrear na Casa.

Em seu discurso, o presidente José Sarney, que é candidato à reeleição, exaltou confiança na gestão da presidente Dilma Rousseff e destacou o papel do Senado no desenvolvimento do país.

- Temos grande tradição a zelar. Há 187 anos, se instalava o primeiro Senado brasileiro. Desde então, esta Casa teve poder decisivo no encaminhamento dos problemas nacionais.

Caso eleito, o peemebedista – cujo mandato segue até 2015 - será presidente da Casa pela quarta vez. Concorre também ao cargo o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), apesar de nenhum partido ter manifestado apoio ao socialista.

Eleição da Mesa

A próxima etapa da cerimônia desta terça-feira é a eleição da Mesa Diretora do Senado. Tanto na Câmara quanto no Senado, as maiores bancadas na Casa têm prioridade na escolha dos 11 cargos da Mesa. Embora todos os cargos já estejam negociados, a eleição poderá trazer surpresas porque, independentemente dos acordos já feitos entre os partidos, a votação é secreta e individual.

Os candidatos à Presidência são lançados pelos próprios partidos já dentro do plenário, na hora da eleição. A Secretaria-Geral da Mesa já tem cédulas sem nomes dos candidatos prontas para essas ocasiões.

Caso houvesse apenas um candidato para a presidência, a eleição ocorreria no painel eletrônico. Como há dois postulantes, a votação é feita em cédulas de papel.

Na terceira e última etapa de preparação da nova legislatura, serão eleitos os demais membros da nova Mesa. Tradicionalmente, os senadores votam em uma chapa previamente fechada entre os partidos e não em cada candidato separadamente, como ocorre na Câmara.

Leia Também