Terça, 20 de Fevereiro de 2018

Senad fecha fábrica de maconha e apreende 5,3 toneladas da droga

3 JUN 2008Por 08h:42
     

 

Agentes da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) paraguaia fecharam ontem (2) à tarde um local que funcionava como fábrica de maconha em Salto de Guairá, região de fronteira, próxima ao município de Mundo Novo (MS). Foram apreendidas 5,3 toneladas da droga já distribuídos em bolsas e prontas para processamento. Também foram encontrados 186 quilos prensados, distribuídos em 150 pacotes. A operação foi desenvolvida em três propriedades rurais localizadas na Colônia Britez Cué. A droga seria trazida ao mercado brasileiro.

No local foram destruídas 10 prensas hidráulicas e foram presos os paraguaios Derlis Martinez Guillen, de 36 anos, Teodoro Martinez Guillen, de 30 anos, Dario Ayala González, de 27 anos, Marcelino Santander Benitez, de 27 anos e Filemon Cubilla, de 52 anos, apontado como o dono da droga. A carga apreendida tem valor de R$ 2 milhões em mercados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Leia Também