Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

Semy quer apoio da OAB para pedir impeachment de André

14 ABR 2008Por 22h:22
     

Lívia Ferreira

 

O ex-deputado estadual Semy Ferraz (PT) vai requerer o apoio da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) seccional Mato Grosso do Sul para pedir o impeachment do governador André Puccinelli (PMDB) e do secretário de Estado de Obras, Edson Giroto. O petista está convencido da participação dos dois na denúncia forjada de compra de votos que tentou incriminá-lo na campanha eleitoral de 2006, quando concorria à reeleição. Como entende que André violou o Estado Democrático de Direito, Semy acredita que OAB vá apoiá-lo. "Como guardiã da Constituição Federal, a OAB tem a obrigação de defender o Estado Democrático de Direito. Por isto queremos que ela subscreva o pedido de impeachment. Não acreditamos que a OAB vá se recusar", declarou o advogado de Semy, Celso Pereira da Silva.

Leia Também