Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Seminário na Capital discutirá sobre economia da cultura

6 ABR 10 - 20h:41

CRISTINA MEDEIROS

 

Na próxima quinta-feira, o Arquivo Público Estadual, unidade da Fundação de Cultura (FCMS), em parceria com a Associação Brasileira de Gestão Cultural (ABCG) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES), promoverá em Campo Grande o "Seminário itinerante de economia da cultura", buscando a conscientização acerca do potencial de desenvolvimento que a economia da cultura pode aportar às três regiões brasileiras menos favorecidas pelos debates em economia da cultura: Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

As inscrições já estão abertas para profissionais que atuam nas diversas esferas do setor sociocultural, privado e sociedade civil, economistas, administradores, sociólogos, comunicadores, turismólogos, arquitetos e urbanistas, jornalistas, profissionais de relações internacionais, estudantes e comunidade em geral. O evento acontecerá no anfiteatro do Departamento de Artes e Comunicação (Bloco VIII), da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), a partir das 13h.

Serão promovidas três mesas-redondas. A primeira, "A cultura no cenário brasileiro – contexto e futuro", será composta por Kátia de Marco, socióloga e mestre em Ciência da Arte e pelo professor do Departamento de Economia e Administração da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Ido Michels. A segunda mesa-redonda, "Economia da cultura – uma abordagem prática", será composta pelo professor da especialização em Economia da Cultura da UFGRS e doutorando em Economia do Desenvolvimento, Leandro Viliati e pelo presidente do Conselho de Cultura de MS, Vilibaldo Gonçalves Vicente Júnior (Villie).

A última mesa será composta pela consultora da ONU, Ana Carla Fonseca Reis, doutoranda em Arquitetura e Urbanismo e fundadora da Garimpo Soluções – economia, cultura e desenvolvimento. O tema abordado pelos convidados será a "Economia da cultura e desenvolvimento – estratégias nacionais e panorama regional". O convidado para expor o quadro regional é o coordenador do Núcleo de Teatro da FCMS, Márcio Veiga.

"Vamos mostrar, no panorama regional, a identificação dos movimentos culturais e a produção artística de Mato Grosso do Sul como geradores de renda, tendo como base a participação dos agentes culturais como fator primordial de desenvolvimento da cultura local", explica Veiga, que é mestre em Desenvolvimento Local pela UCDB, graduado em Comunicação Social e desenvolve pesquisas relacionadas à comunicação e à cultura, principalmente sobre a identidade regional, cultura de massa e recepção da mensagem radiofônica.

As inscrições podem ser feitas por meio do Arquivo Público Estadual de Mato Grosso do Sul, pelo e-mail: arquivopublicoms@gmail.com ou pelo telefone (67) 3316-9167.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Internacional

Papa aceita renúncia de cardeal chileno acusado de envolvimento em escândalo sexual

Ezzati foi acusado de supostamente encobrir casos de abuso
MUDANÇA

Serviços sociais e conselhos tutelares atendem em novos números

Conselho Centro teve mudança no telefone, demais continuam os mesmos
Campo Grande registra aumento de casos de tuberculose
DOENÇA

Campo Grande registra aumento de casos de tuberculose

Comercial minimiza vantagem <br>sobre o Corumbaense
ESTADUAL

Comercial minimiza vantagem sobre o Corumbaense

Mais Lidas