sábado, 21 de julho de 2018

TEATRO

Semana Cultural “MS em cena: 4ª Representação”

9 NOV 2010Por DA REDAÇÃO09h:29

O evento iniciado no dia 5 de novembro em Três Lagoas prossegue com mais apresentações teatrais de grupos locais e regionais. Amanhã, dia 10 de novembro, às 17h, na Praça Senador Ramez Tebet, o espetáculo “A princesa engasgada”, do Teatral Grupo de Risco, de Campo Grande. Uma história irônica de uma princesa que se engasga com uma espinha de peixe e o rei determina que seja encontrado um médico para curar sua filha. Uma camponesa cansada de apanhar do marido, resolve se vingar e diz ao fidalgo que ele é médico, mas só trata seus pacientes quando apanha. O camponês, sem direito de recusa, é levado ao rei e assim começa seu castigo. Com suas peripécias consegue ganhar a simpatia do rei. Tendo como referencia a Comédia Dell’Arte, dois atores se transformam em reis, princesas, camponeses, tudo aos olhos do público que participa ativamente de toda a história. O espetáculo resgata o clima da Idade Média, quando as companhias cênicas viajavam pelo interior dos países europeus apresentando suas peças em carroças.

E, às 20h30min, no Anfiteatro da UFMS, unidade 1, o espetáculo “Apareceu a Margarida”, do Teatral Grupo de Risco, de Campo Grande. Dona Margarida é o retrato fiel de um ser humano com toda a sua complexidade e contradições. Uma professora que começa muito docemente a dar uma aula de biologia e no decorrer do percurso altera seu comportamento abruptamente, indo da doçura maternal, sedução e lascívia ao ápice da crueldade e violência psicológica. Com um comportamento ditatorial e opressor acaba por se estabelecer como o poder supremo e inquestionável diante dos alunos, exaltando a característica manipulável do ser humano. Suas atitudes são tão absurdas que ate lhe fará rir em algumas situações, mas muito cuidado, não se deixe enganar pelo nervosismo!

A semana cultural segue com apresentações teatrais diárias até o dia 15 de novembro.O evento iniciado no dia 5 de novembro em Três Lagoas prossegue com mais apresentações teatrais de grupos locais e regionais. Amanhã, dia 10 de novembro, às 17h, na Praça Senador Ramez Tebet, o espetáculo “A princesa engasgada”, do Teatral Grupo de Risco, de Campo Grande. Uma história irônica de uma princesa que se engasga com uma espinha de peixe e o rei determina que seja encontrado um médico para curar sua filha. Uma camponesa cansada de apanhar do marido, resolve se vingar e diz ao fidalgo que ele é médico, mas só trata seus pacientes quando apanha. O camponês, sem direito de recusa, é levado ao rei e assim começa seu castigo. Com suas peripécias consegue ganhar a simpatia do rei. Tendo como referencia a Comédia Dell’Arte, dois atores se transformam em reis, princesas, camponeses, tudo aos olhos do público que participa ativamente de toda a história.

O espetáculo resgata o clima da Idade Média, quando as companhias cênicas viajavam pelo interior dos países europeus apresentando suas peças em carroças.

E, às 20h30min, no Anfiteatro da UFMS, unidade 1, o espetáculo “Apareceu a Margarida”, do Teatral Grupo de Risco, de Campo Grande. Dona Margarida é o retrato fiel de um ser humano com toda a sua complexidade e contradições. Uma professora que começa muito docemente a dar uma aula de biologia e no decorrer do percurso altera seu comportamento abruptamente, indo da doçura maternal, sedução e lascívia ao ápice da crueldade e violência psicológica. Com um comportamento ditatorial e opressor acaba por se estabelecer como o poder supremo e inquestionável diante dos alunos, exaltando a característica manipulável do ser humano. Suas atitudes são tão absurdas que ate lhe fará rir em algumas situações, mas muito cuidado, não se deixe enganar pelo nervosismo!

A semana cultural segue com apresentações teatrais diárias até o dia 15 de novembro.O evento iniciado no dia 5 de novembro em Três Lagoas prossegue com mais apresentações teatrais de grupos locais e regionais. Amanhã, dia 10 de novembro, às 17h, na Praça Senador Ramez Tebet, o espetáculo “A princesa engasgada”, do Teatral Grupo de Risco, de Campo Grande. Uma história irônica de uma princesa que se engasga com uma espinha de peixe e o rei determina que seja encontrado um médico para curar sua filha. Uma camponesa cansada de apanhar do marido, resolve se vingar e diz ao fidalgo que ele é médico, mas só trata seus pacientes quando apanha. O camponês, sem direito de recusa, é levado ao rei e assim começa seu castigo. Com suas peripécias consegue ganhar a simpatia do rei. Tendo como referencia a Comédia Dell’Arte, dois atores se transformam em reis, princesas, camponeses, tudo aos olhos do público que participa ativamente de toda a história. O espetáculo resgata o clima da Idade Média, quando as companhias cênicas viajavam pelo interior dos países europeus apresentando suas peças em carroças.

E, às 20h30min, no Anfiteatro da UFMS, unidade 1, o espetáculo “Apareceu a Margarida”, do Teatral Grupo de Risco, de Campo Grande. Dona Margarida é o retrato fiel de um ser humano com toda a sua complexidade e contradições. Uma professora que começa muito docemente a dar uma aula de biologia e no decorrer do percurso altera seu comportamento abruptamente, indo da doçura maternal, sedução e lascívia ao ápice da crueldade e violência psicológica. Com um comportamento ditatorial e opressor acaba por se estabelecer como o poder supremo e inquestionável diante dos alunos, exaltando a característica manipulável do ser humano. Suas atitudes são tão absurdas que ate lhe fará rir em algumas situações, mas muito cuidado, não se deixe enganar pelo nervosismo!
A semana cultural segue com apresentações teatrais diárias até o dia 15 de novembro.O evento iniciado no dia 5 de novembro em Três Lagoas prossegue com mais apresentações teatrais de grupos locais e regionais. Amanhã, dia 10 de novembro, às 17h, na Praça Senador Ramez Tebet, o espetáculo “A princesa engasgada”, do Teatral Grupo de Risco, de Campo Grande. Uma história irônica de uma princesa que se engasga com uma espinha de peixe e o rei determina que seja encontrado um médico para curar sua filha. Uma camponesa cansada de apanhar do marido, resolve se vingar e diz ao fidalgo que ele é médico, mas só trata seus pacientes quando apanha. O camponês, sem direito de recusa, é levado ao rei e assim começa seu castigo. Com suas peripécias consegue ganhar a simpatia do rei. Tendo como referencia a Comédia Dell’Arte, dois atores se transformam em reis, princesas, camponeses, tudo aos olhos do público que participa ativamente de toda a história. O espetáculo resgata o clima da Idade Média, quando as companhias cênicas viajavam pelo interior dos países europeus apresentando suas peças em carroças.
E, às 20h30min, no Anfiteatro da UFMS, unidade 1, o espetáculo “Apareceu a Margarida”, do Teatral Grupo de Risco, de Campo Grande. Dona Margarida é o retrato fiel de um ser humano com toda a sua complexidade e contradições. Uma professora que começa muito docemente a dar uma aula de biologia e no decorrer do percurso altera seu comportamento abruptamente, indo da doçura maternal, sedução e lascívia ao ápice da crueldade e violência psicológica. Com um comportamento ditatorial e opressor acaba por se estabelecer como o poder supremo e inquestionável diante dos alunos, exaltando a característica manipulável do ser humano. Suas atitudes são tão absurdas que ate lhe fará rir em algumas situações, mas muito cuidado, não se deixe enganar pelo nervosismo!
A semana cultural segue com apresentações teatrais diárias até o dia 15 de novembro.

Leia Também