Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

REFORMA AGRÁRIA

Sem-terra querem 15 mil hectares do reverendo Moon

Sem-terra querem 15 mil hectares do reverendo Moon
07/09/2012 00:00 - CELSO BEJARANO


A Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Mato Grosso do Sul (Fetagri-MS), informou que vai pressionar o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) pela desapropriação de quatro fazendas, uma extensão de 15 mil hectares, o equivalente a 45% das propriedades rurais da Associação das Famílias para Unificação e Paz Mundial, entidade religiosa fundada por Sun Myung Moon, o reverendo Moon, morto no domingo passado.

Entre as fazendas reivindicadas, três delas, a estância Capão do Mutum (134 hectares), Jamaica (2.733 hectares) e Jangada (2.381 hectares) – ficam uma ao lado da outra -, deveriam ter sido desapropriadas em 12 de dezembro de 2005, quase sete anos atrás, quando o presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT), por meio de decreto, considerou a área como de interesse social para a reforma agrária.
 

Felpuda


Certa pré-candidatura à Prefeitura de Campo Grande nasceu com grandes brechas que certamente serão usadas pelos adversários no período da campanha eleitoral, segundo voz corrente nos bastidores políticos. Uma delas: como o postulante vai dizer que fará boa administração se no período em que administrou conhecida instituição passou boa parte do tempo reclamando de crise financeira e ameaçando fechar as portas?