Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 18 de novembro de 2018

REFORMA AGRÁRIA

Sem-terra querem 15 mil hectares do reverendo Moon

7 SET 2012Por CELSO BEJARANO00h:00

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Mato Grosso do Sul (Fetagri-MS), informou que vai pressionar o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) pela desapropriação de quatro fazendas, uma extensão de 15 mil hectares, o equivalente a 45% das propriedades rurais da Associação das Famílias para Unificação e Paz Mundial, entidade religiosa fundada por Sun Myung Moon, o reverendo Moon, morto no domingo passado.

Entre as fazendas reivindicadas, três delas, a estância Capão do Mutum (134 hectares), Jamaica (2.733 hectares) e Jangada (2.381 hectares) – ficam uma ao lado da outra -, deveriam ter sido desapropriadas em 12 de dezembro de 2005, quase sete anos atrás, quando o presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT), por meio de decreto, considerou a área como de interesse social para a reforma agrária.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também