Terça, 20 de Fevereiro de 2018

Sem-terra é condenado a dois anos de cadeia em SC

22 OUT 2008Por 19h:30
     

        Um integrante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Néri Fabris, foi condenado pela Justiça Federal à pena de dois anos de detenção em regime semi-aberto, no último dia 10 de outubro, acusado de invadir e ocupar terras da União às margens da BR-470, no município de Gaspar, em Santa Catarina. A ação penal foi proposta pelo Ministério Público Federal em Santa Catarina. Segundo o procurador da República em Blumenau, João Marques Brandão Neto, Néri Fabris "é profissional de invasão de terras", sendo diretor da Cooperativa dos Trabalhadores Acampados e Assentados de Santa Catarina.

        Com informações do Estadão

Leia Também