Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ELIMINADO

Sem inspiração, Corinthians empata com o Penapolense

16 MAR 14 - 17h:24g1

Os gritos da torcida do Penapolense logo aos 30 minutos do segundo tempo mostraram um pouco do que vive o atual Corinthians. “Eliminado! Eliminado!”. O empate sem gols com a equipe de Penápolis, na tarde deste domingo, no Estádio Tenente Carriço, eliminou o Timão do estadual. Um vexame confirmado após a derrota do São Paulo por 1 a 0 para o Ituano, no Morumbi, que deixou o time do interior muito perto da vaga. O Audax é o outro candidato.

O time passou longe de mostrar futebol para se classificar. Após uma série de quatro vitórias, a formação de Mano Menezes regrediu – nem a volta de Jadson resolveu a falta de criação que havia prejudicado o Alvinegro na derrota para o São Paulo. O empate levou a equipe aos 21 pontos no Grupo B. O Penapolense, já classificado, foi a 19 no Grupo A.

Enquanto a torcida do time de Penápolis brincou e fez piada com o sofrimento do adversário, os corintianos não reclamaram. Alternaram músicas de apoio com gritos ofensivos ao goleiro do Penapolense – Rogério Ceni teve a mesma recepção no clássico.

Na última rodada do Paulistão, o Corinthians recebe o Atlético Sorocaba, domingo que vem, às 16h (horário de Brasília), no Pacaembu. No mesmo horário, o Penapolense visita o Ituano, no Estádio Novelli Júnior.

Rival não ajuda; Timão não se ajuda

Durante a semana, o discurso repetido à exaustão pelos corintianos era de que, primeiro, o time precisava fazer sua parte para depois pensar no que ocorria no jogo do São Paulo. Antes mesmo de o Ituano abrir o placar no Morumbi, ficava claro que o Timão teria enorme dificuldade para se impor em Penápolis.

De volta à equipe, Jadson não conseguiu se livrar da marcação. Outro discurso recente de Mano era que o Corinthians não dependia de seu camisa 10 para armar jogadas. Imagine se dependesse... Com o meia pegando pouco na bola, o Timão viveu de lançamentos em profundidade para Luciano e Romarinho. Quando a jogada tinha futuro, o gramado irregular do estádio Tenente Carriço atrapalhava e fazia a bola “pipocar”.

O Penapolense parecia ser o time que buscava a vaga (e já está classificado!). O caminho para chegar ao gol de Cássio foi estudado e aprendido com os rivais recentes do Corinthians: explorando as laterais. Guaru e Petros em Fagner, e Neto em Fábio Santos. O lateral-esquerdo voltou a ser titular após seis meses e sentiu a falta de ritmo de jogo – avançou muito pouco e perdeu na marcação, sua especialidade.

O gol do Ituano não mudou o comportamento alvinegro em campo – só nas arquibancadas, onde o grito ficou mais forte na tentativa de fazer o time não desanimar. Antes do intervalo, um torcedor do interior, com sotaque caraterístico da região, bradou:
- Volta logo, Tite – disse, em alusão ao antigo técnico do Corinthians.

Adeus, Paulistão!

Sem a criação necessária no meio-campo, Mano Menezes pediu mais bolas aéreas no segundo tempo. Por ali, o panorama melhorou um pouco, mas não o suficiente para o gol sair. Romarinho, de cabeça, teve grande oportunidade – só que a bola “pipocou” de novo no gramado e subiu demais.

A entrada de Renato Augusto no lugar de Bruno Henrique demorou a fazer efeito, até porque o meia havia treinado a semana toda no lugar de Guilherme, o outro volante. O técnico fez um esboço de três meio-campistas em linha, com Romarinho mais avançado. Tentativas não faltaram. A situação, que já não era boa, ainda foi prejudicada pelo árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araujo, que não marcou pênalti claro em Uendel.

O Penapolense controlou o fim do jogo e levou perigo nas bolas paradas de Guaru. Para o Timão ficou ainda mais difícil após a expulsão de Cléber. O time do interior não precisava do resultado e se contentou em estragar um pouco mais o Campeonato Paulista do Corinthians, eliminado da competição a uma rodada de seu fim. Incompatível para um clube com tanto investimento e expectativas.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Everton lamenta derrota para Fortaleza, mas pede foco para decisão contra o Flamengo
FUTEBOL

Everton lamenta derrota para Fortaleza, mas pede foco para decisão contra o Flamengo

No Japão, Bolsonaro terá encontro bilateral com presidente da Ucrânia
VIAGEM

No Japão, Bolsonaro terá encontro bilateral com presidente da Ucrânia

Número de mortos em desabamento de prédio em Fortaleza sobe para 9
TRAGÉDIA

Número de mortos em desabamento de prédio em Fortaleza sobe para 9

Na primavera índice de temporais e raios são maiores; saiba como se proteger
ESTAÇÃO DO ANO

Na primavera índice de temporais e raios são maiores; saiba como se proteger

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião