Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Incentivo

Sem apoio, tenista de MS pode jogar por outro Estado

7 SET 10 - 21h:10
JAKSON PEREIRA

A principal tenista de Mato Grosso do Sul, Gabriella Barbosa, pode retirar sua filiação na Federação de Tênis de Mato Grosso do Sul e se transferir para outro Estado. Sem apoio da iniciativa privada e do poder público, a tenista número 5 do Brasil tem dois convites de mudança.
“Sou a primeira tenista profissional do Estado, e não só no feminino, nunca tivemos um jogador masculino com ranking internacional. Tenho treinado muito, mas todo esforço para sempre representar bem Mato Grosso do Sul não é valorizado e, apesar de ser contra minha vontade, deverei buscar novos caminhos para não precisar abandonar o esporte”, declarou a atleta de 19 anos.
Gabriella treina desde os 11 anos de idade e já conquistou mais de 43 torneios na carreira. A atleta passou os últimos quatro anos treinando fora do País, sendo três na Argentina e um nos Estados Unidos, porém sempre competiu com o nome do Estado. “Comecei aqui e só saí para treinar fora para ter uma melhor estrutura, mas nunca pensei em representar outra federação. Porém, a vida de tenista profissional é muito cara, pois são muitas viagens, hotéis, alimentação, equipamentos e preciso de apoio financeiro para seguir jogando”, comentou a tenista que em uma conta rápida afirmou que para participar de todo circuito, precisa de pelo menos R$ 100 mil por ano.
Nesta semana, Gabriella Barbosa viajou para um período de treinamentos em São José do Rio Preto. Os treinos visam a participação em dois torneios “future”: Itapema (SC), a partir do dia 13 e Mogi das Cruzes (SP), a partir do dia 20. “São torneios difíceis, mas que vou buscar boas colocações para subir no ranking”, garantiu a atleta que sonha ser Top 30 do ranking mundial e representar o Brasil nas Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Com demanda de volta, governo articula reativação de ferrovia
TRANSPORTE

Com demanda de volta, governo articula reativação de ferrovia

Brasil “fecha” fronteira após fuga em massa
PRESOS DO PCC

Brasil “fecha” fronteira após fuga em massa

Estado tem 19 usinas de biocombustível
AGRONEGÓCIOS

Com 19 usinas, produção de biocombustível avança

Polícia do Paraguai prende 30 agentes suspeitos de facilitar fuga em massa
FUGA DE PRESÍDIO

Polícia do Paraguai prende 30 agentes suspeitos de facilitar fuga em massa

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião