ESPORTES

Seleção brasileira apresenta-se hoje para amistoso

Seleção brasileira apresenta-se hoje para amistoso
27/02/2010 05:17 -


Os jogadores da seleção brasileira de futebol apresentam- se na noite de hoje e viajam para Londres, na Inglaterra, onde, na próxima terça- feira, a equipe disputa seu primeiro amistoso de 2010. O adversário será a Irlanda, no Emirates Stadium, estádio do Arsenal, às 16h (MS). O jogo é uma das poucas oportunidades de o técnico Dunga analisar a equipe que se prepara para a disputa da Copa do Mundo da África do Sul. A chegada dos atletas a Londres está prevista para amanhã e, portanto, o único treino antes do amistoso acontecerá na tarde de segunda- feira. Quanto ao time, existe a expectativa sobre algumas posições que parecem em aberto. A principal delas é a lateral esquerda, onde os convocados Michel Bastos, do Lyon, e o experiente Gilberto, do Cruzeiro, que foi reserva no Mundial de 2006, brigam pela vaga como titular. Luís Fabiano Dunga ganhou uma dor de cabeça para a última partida da seleção brasileira antes da estreia na Copa do Mundo. Com problemas musculares, o atacante Luís Fabiano, do Sevilla, foi avaliado pelo médico José Luis Runco e cortado do amistoso contra a Irlanda. O médico da seleção revelou que o período de recuperação previsto para o jogador é de duas a três semanas, o que não atrapalhará sua sequência de trabalho no grupo comandado por Dunga e Jorginho. Sem o artilheiro, Dunga contará, a princípio, somente com três jogadores para o ataque: Robinho, Nilmar e Adriano. A definição acontecerá apenas segunda-feira.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".