sábado, 21 de julho de 2018

Seis seguranças são presos acusados de tortura e roubo

26 MAR 2008Por 17h:30
     

        Seis seguranças particulares, que prestavam serviços aos comerciantes da Feira da Sulanca, no município de Caruaru, no agreste de Pernambuco - uma das maiores feiras de artesanato e artigos populares do País - foram presos acusados de torturar e roubar o tatuador José Maurício Fernandes, 26 anos. De acordo com informações da Polícia Civil do município, os acusados alegam ter confundido o tatuador com um ladrão que vinha atuando na área nas últimas semanas. Testemunhas garantem que os acusados teriam ficado com a carteira e o celular de José Maurício.

        Com informações do Estadão
        
        

         

Leia Também