MAIS TRABALHO

Seguro-desemprego caiu 82% em MS

Seguro-desemprego caiu 82% em MS
25/04/2011 00:00 - EDIVALDO BITENCOURT


A aplicação da lei, criada há 21 anos, e o aquecimento do mercado de trabalho reduziram em 82,2% o número de desempregados beneficiados com o pagamento do Seguro Desemprego em Mato Grosso do Sul. Conforme o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), 91,73% dos demitidos sem justa causa, que teriam direito ao benefício social, não foram contemplados, por terem sido contratados após encaminhamento de agências públicas de emprego.
Em vigor desde 1990, a Lei Federal 7.998 determina que o seguro seja concedido apenas após o desempregado ser encaminhado para uma nova vaga e não ser contratado. No entanto, somente no final do ano passado, 20 anos depois, com a reformulação no sistema online das agências de emprego, a lei saiu do papel e começou a ser cumprida. Mato Grosso do Sul, ao lado do Mato Grosso e Rio Grande do Sul, foi pioneiro na implantação do novo modelo.

 

Leia mais no jornal Correio do Estado

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".