Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Seguranças não conseguem controlar acessos

25 AGO 10 - 05h:23
Fernanda Brigatti

A entrada de eleitores, jornalistas e cabos eleitorais no comício realizado ontem com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e os candidatos do PT ao governo do Estado, José Orcírio dos Santos, e à Presidência, Dilma Rousseff, no Centro de Campo Grande, foi marcada pela desorganização.
Programado para começar às 19 horas, duas horas depois uma pequena multidão ainda aguardava na fila, do lado de fora. Se à princípio o cuidado com a segurança deixou morosa a entrada de pessoas, com o início dos discursos, dois outros acessos foram liberados, dispensando o uso dos cinco detectores de metais dispostos na Rua Fernando Correa da Costa.
Nem a confusão da entrada desanimou o casal Antonio e Selma Juarez, moradores do Jardim Polonês. “O que a gente quer é ver o Lula, ouvir o homem”, disse Selma. Ela, que não foi eleitora de Lula, não se importou com os quase 40 minutos de espera até ter acesso à área do comício.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Felpuda

BRASIL

Envolvimento de agentes de saúde pode acelerar diagnóstico de câncer

BRASIL

Tratamento para doenças raras precisa de investimentos em pesquisa

BRASIL

Motorista embriagado invade lanchonete, atropela 4 e mata jovem

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião