Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

PROTEÇÃO

Segurança vai 'devolver' parque para população

2 FEV 2011Por DA REDAÇÃO19h:29

O Parque das Nações Indígenas -  ambiente considerado um dos principais pontos turísticos da Capital, que costuma reunir familiares e esportistas -,  terá policiamento intensivo. Uma Base Comunitária do 9° Batalhão da Polícia Militar vai garantir a segurança do público que costuma frequentar o local.

De acordo com o gerente de Unidades de Conservação do Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), Leonardo Tostes, a instalação da segurança é mais uma iniciativa que oferece bons resultados  e que devolve a confiança à população. “Agora com as reformas devidamente adaptadas, iluminação geral e policiamento intensivo, o público poderá usufruir muito mais do Parque das Nações”, afirma o gerente.

A base comunitária será  instalada ainda este mês no local e ficará localizada atrás das pistas de caminhada, com acesso na rua Antônio Maria Coelho. A escolha do local da sede foi planejada e estruturada de acordo com estudos da coordenação do Parque  em decorrência de inúmeros casos de depredações, circulação de usuário de drogas e incidentes de roubos e assaltos. Um planejamento está sendo elaborado para a nova base Comunitária.

“O policiamento será feito em diversas modalidades, como rondas   em motocicletas  e rádiopatrulhas. E para evitar o fluxo de veículos, posteriormente utilizaremos a bicicleta para a fiscalização”, afirma o tenente Muzili, responsável pela Base Comunitária do 9° Batalhão.

Segundo Leonardo, a mudança da unidade de segurança correspondeu ao anseio da base e  a pedidos antigos da população que muitas vezes deixava de freqüentar o Parque com medo de incidentes, principalmente de assaltos.  

Leia Também