quinta, 19 de julho de 2018

Secretários de Corumbá deixam cargos para concorrer às eleições

5 ABR 2008Por 17h:05
     

Sílvio Andrade, Corumbá

 

O prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha de Oliveira (PT), exonerou ontem um secretário municipal (professor João Bosco da Silva e Souza, da Promoção e Cidadania) e um subsecretário (radialista Jonas de Lima, da Comunicação), que decidiram se desincompatibilizar para disputar a Câmara de Vereadores nas eleições de outubro.

O secretário de Gestão Governamental, José Antônio Assad e Faria, é o candidato do PT à prefeitura de Ladário. Ele permanece no cargo até maio, data-limite de afastamento para quem disputará a eleição majoritária. O secretário de Desenvolvimento Sustentável, Cássio Costa Marques, filiado ao PDT, está sendo cotado para vice de Ruiter, que sai à reeleição.

O nome de Cássio está em evidência depois do racha no PMDB local, partido que, teoricamente, indicaria o vice do prefeito petista. Também se desincompatibilizaram a diretora-presidente da Fundação de Cultura do Pantanal, Heloísa Helena Urt (PT), e os assessores especiais Ênio Castelo (PT) e Hugo da Costa Filho (PDT). Pela legislação eleitoral, integrantes de cargos comissionados que pretendem concorrer às eleições proporcionais devem se desincompatibilizar até seis meses antes das eleições.

Leia Também