Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

Secretário da Executiva Municipal do PDT é morto no Rio

13 JUL 2008Por 09h:57
     

        O secretário-geral da Executiva Municipal do PTD do Rio de Janeiro, Jorge Vieira, foi morto com um tiro na cabeça na noite deste sábado, em Bonsucesso, subúrbio da capital fluminense. Segundo informações da polícia, Vieira voltava de um encontro com o candidato a prefeitura do Rio pelo partido, Paulo Ramos, quando seu carro colidiu com os criminosos, que estavam na contramão.

        De acordo com informações do partido, um carro com supostos traficantes veio pela contramão e bateu no veículo em que estavam Vieira, Ramos e outro membro do partido. Ainda de acordo com a nota do PDT, os bandidos dispararam contra o carro em que estavam os três pedetistas antes mesmo da colisão.

        Um dos disparos atingiu o secretário do PDT na cabeça, após atravessar o pára-brisa. Os bandidos, após a colisão, ainda ameaçaram o candidato à prefeitura, que se feriu na cabeça com o choque - mas nada fizeram quando este disse que estava na mão correta, chegara para a direita e, além disso, já tinham ferido Jorge. Segundo o comunicado do PDT, ele não sabia ainda da gravidade do ferimento.

        Os bandidos, armados com fuzil, abandonaram o carro no local do crime e fugiram a pé. O corpo de Vieira está sendo velado na capela G do Cemitério do Catumbi. O enterro está marcado para às 18h30, no mesmo local.

        Em nota, Paulo Ramos considerou a morte de Jorge Vieira "uma tragédia, um momento de dor e de profunda perda." "Vieira era um militante que representava a identidade do PDT e exercia grande liderança no partido. A garra, a crença e o exemplo de Jorge Vieira vão continuar estimulando e contagiando todos nós."

Leia Também