segunda, 23 de julho de 2018

Se ajudar derrubar Sarney, PT corre risco de perder apoio do PMDB em 2010

1 AGO 2009Por 22h:02
     

        Da redação

         

Sem conseguir o apoio fechado do PT ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), o Governo quer agora que o partido se comprometa a não dar o tiro de misericórdia no aliado cambaleante. Ainda irritado com a nota na qual o líder do PT no Senado, Aloizio Mercadante (SP), pediu o afastamento de Sarney, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva chamará o petista para uma conversa nesta semana em que o Congresso retoma as atividades, após 17 dias em férias.

A pelo menos dois auxiliares, o presidente contou que pedirá a Mercadante mais cautela em suas ações. O raciocínio de Lula, segundo esses assessores, pode ser resumido na seguinte frase: "Se o PT não puder ajudar, pelo menos que não atrapalhe."

Leia Também