ESPORTES

Schumacher diz estar pronto para reestreia na Fórmula 1

Schumacher diz estar pronto para reestreia na Fórmula 1
09/03/2010 08:50 -


Na semana de abertura da temporada 2010 da Fórmula 1, todas as atenções estão voltadas para o heptacampeão mundial Michael Schumacher. O piloto alemão volta à categoria, após três anos de aposentadoria, para defender a equipe Mercedes e tentar seu oitavo título mundial. Ontem, o pi loto de 41 anos declarou, em seu site oficial, estar pronto para o retorno – os treinos para o Grande Prêmio do Bahrein começam na sexta e a prova será no domingo. De acordo com ele, “a ansiedade é grande, mas a preparação foi bem feita para este momento”. Apesar da larga experiência e dos sete títulos já conquistados na categoria, Schumacher demonstra humi ldade e recon hece que deverá ter dificuldade nesta sua volta às pistas. “Saber se seremos campeões é difícil. Mas uma coisa é certa: não me sinto obrigado a vencer as primeiras corridas. Neste início de campeonato será importante o trabalho e o acerto do carro, para chegar ao final da temporada com boas chances”, declarou o alemão. Inspeção A Federação Internacional de Automobilismo anunciou que irá esperar os primeiros treinos para o Grande Prêmio do Barhein para inspecionar possível irregularidade na asa dos carros da McLaren, em denúncia feita pela equipe Red Bull. A informação é da revista Auto Sport. Christian Horner, chefe da Red Bull, disse na semana passada que seu time estava buscando esclarecimentos da federação sobre o conceito da asa traseira da McLaren – o dirigente acredita que essa suposta irregularidade ajuda a alcançar velocidade em linha reta.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".