Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

INFLUENZA

Saúde libera R$ 360,8 mil para vacinação

Saúde libera R$ 360,8 mil para vacinação
27/04/2011 12:41 - da redação


A Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul (SES) aprova os repasses financeiros para a realização da Campanha de Vacinação contra Influenza, de Mato Grosso do Sul, do ano de 2011. O valor total de recursos para atender a população de todos os municípios do Estado é de R$ 360.822,67. A medida já foi aprovada pela Comissão Intergestores Bipartite em reunião ordinária do dia 15 de abril de 2011. A resolução (nº 20/SES/MS) com a relação dos municípios, bem como os valores que cada um irá receber para realização da Campanha Influenza no Estado, foi publicada no Diário Oficial, desta quarta-feira (27).

De acordo com a resolução da SES, para o município de Campo Grande serão investidos R$ 88.438,93, na campanha de imunização contra a gripe. A Campanha de Vacinação Influenza teve início na segunda-feira (25), e vai até 13 de maio, em todo o País. Além das pessoas com mais de 60 anos e indígenas, a campanha incluirá, a partir deste ano, gestantes, crianças de seis meses a menores de dois anos e também trabalhadores de serviços de saúde.

Ministério da Saúde

Segundo o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a vacina contra a gripe se tornou um importante instrumento de prevenção. “Desde que começamos a vacinação contra a gripe no Brasil, tivemos uma redução de 60% nas internações por pneumonias decorrentes de gripe”, revela.

A vacina protege contra os três principais vírus que circularam no hemisfério Sul em 2010, entre eles o da influenza A (H1N1). Segundo o Ministério, serão 32,7 milhões de doses, para todos os Estados e municípios brasileiros.

Ao todo, os cinco grupos prioritários da campanha de vacinação somam aproximadamente 30 milhões de pessoas. A meta do Ministério da Saúde, Estados e municípios, é vacinar 80% dessa população alvo, o que representa cerca de 23,8 milhões de pessoas.

O Ministério da Saúde também informa que, no próximo sábado, dia 30 de abril, ocorrerá o Dia de Mobilização Nacional para estimular a ida das pessoas aos mais de 65 mil postos de vacinação, presentes em todas as cidades do Brasil. Durante a campanha, serão mobilizados mais de 240 mil profissionais de saúde no País.

Felpuda


Sindicalista defende o fim de mordomias e privilégios dos políticos e dos integrantes de outros Poderes, conforme divulgação feita por sua assessoria. Para ele, está na hora de se colocar um basta nessa situação, questionando, inclusive, o número de parlamentares e de assessores. Entretanto, não demonstra a mesma aversão por aqueles dirigentes de sindicatos que se perpetuam no poder e que comandam mais de uma entidade, assim como ele. Afinal, o exemplo deve vir de casa, né?