quinta, 19 de julho de 2018

Satélite criado para observar CO2 falha em atingir a órbita

24 FEV 2009Por 09h:45
     

                

 

O satélite Observatório Orbital do Carbono, o primeiro equipamento projetado especialmente para medir as concentrações de dióxido de carbono na atmosfera da Terra a partir do espaço, não foi capaz de atingir órbita, diz nota da  Nasa.

Segundo as primeiras informações, o satélite não chegou a se separar do último estágio do foguete portador, um Taurus XL. O satélite foi lançado nesta manhã.

Cientistas esperavam que as informações que seriam reunidas pelo satélite ajudariam a aperfeiçoar os modelos de análise do clima e ajudar a determinar da onde estão vindo os gases causadores do efeito estufa, e quando deles está sendo absorvido pelos oceanos e pelas florestas. O custo da missão foi de US$ 280 milhões.

 

Com informações do Estadão

Leia Também