Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PAULISTAO

São Paulo <br>vira sobre <br>o XV de Piracicaba

São Paulo <br>vira sobre <br>o XV de Piracicaba
26/02/2014 23:07 - terra


O São Paulo conseguiu, finalmente, a primeira vitória fora de casa no Campeonato Paulista de 2014. Em Piracicaba, no Estádio Barão da Serra Negra, a equipe comandada por Muricy Ramalho saiu atrás no placar, mas conseguiu a virada e bateu o adversário por 3 a 1 para terminar o incômodo jejum apenas na 11ª rodada.

Antes da partida desta quarta, o São Paulo havia, no máximo, empatado com o São Bernardo fora de casa. Como visitante, a equipe tricolor colecionou derrotas para Palmeiras, Bragantino e Ponte Preta.

Mesmo com a vitória, o São Paulo continua na vice-liderança do Grupo A, atrás do Penapolense, que ainda tem uma partida a menos – ambos têm 18 pontos. Já o XV de Piracicaba se complica ainda mais: é o lanterna do Grupo B com 11 pontos, cada vez mais próximo da zona de rebaixamento do Paulista.  

Na próxima rodada, da competição estadual, os comandados de Muricy Ramalho encaram o Audax no Morumbi, às 22h (de Brasília) da próxima quarta-feira. Já o time piracicabano tenta se reabilitar e fugir da zona de rebaixamento em duelo contra o embalado Penapolense fora de casa. 

O jogo em Piracicaba começou a todo vapor na noite desta quarta-feira. Logo aos 2min, Cafu aproveitou cobrança de escanteio e, praticamente no “susto” após rebatida dentro da área, empurrou para o fundo das redes de Rogério Ceni. A abertura do placar do XV levou a torcida local à loucura e fez crescer o barulho no Estádio Barão de Serra Negra.

No entanto, a vantagem piracicabana durou pouco: dez minutos mais tarde, Oswaldo fez grande jogada e cruzou para a árra. Luís Ricardo, como um centroavante, posição que iniciou a carreira, concluiu bem para deixar tudo igual. Após os dois gols no início, o duelo continuou agitada, mas as chances de gols se reduziram e a igualdade foi mantida até o intervalo.

Na volta para o segundo tempo, o XV teve uma boa chance logo aos 8min, mas Rogério Ceni agarrou chute de Danilinho. Rogério voltou a ter trabalho aos 22min, mas no minuto seguinte o São Paulo virou a partida. Ganso, que entrou no segundo tempo, deu lindo passe para Luís Fabiano, que saiu na cara do goleiro e finalizou bem.  Já aos 40min, Luís Fabiano sofreu pênalti, cobrado por Pabón para abrir o placar.

Felpuda


Malfeitos que teriam sido praticados em tempos não tão remotos podem ser a pedra no caminho de pré-candidatura que está sendo costurada. As conversas ainda estão nas “ondas da rádio-peão”, mas, com a proximidade da campanha eleitoral, há quem diga que isso se tornará uma tremenda dor de cabeça para quem vai enfrentar as urnas. Pior:  o dito não seria culpado direto, mas sim a sua...  Bem, deixa rolar para ver onde vai parar.