Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 16 de novembro de 2018

Saída de Leão

São Paulo quer técnico estrangeiro

26 JUN 2012Por Ig14h:55

O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, fez um longo pronunciamento no CT da Barra Funda, no início da tarde desta terça-feira, pouco depois de Emerson Leão confirmar a sua saída do comando da equipe. Juvenal admitiu não ter um substituto em vista para o lugar do demitido treinador e que o Brasil não possui boas opções no mercado. Segundo o presidente, o clube tentou contratar, sem sucesso, um estrangeiro para o cargo. André Villas Boas, ex-técnico de Chelsea e Porto foi consultado . Porém, Juvenal não se empolga com a ideia proposta pela diretoria de buscar um comandante no exterior.

Lendo mais de uma folha de papel que trouxe para o seu pronunciamento, o mandatário são-paulino deixou claro que vê Emerson Leão como grande responsável pelos últimos fracassos do time, sendo o último deles a eliminação nas semifinais da Copa do Brasil, na última quarta-feira, com a derrota por 2 a 0 para o Coritiba, fora de casa.

Para justificar a sua opinião, Juvenal se respaldou no fato de ter acertado a contratação de vários reforços no início da última temporada e promovido jogadores da base para a renovação do elenco do ano passado. "Qual é o nosso entendimento? O nosso entendimento é o de que agora nós temos uma equipe competitiva, aquela equipe de lá do ano passado saiu toda, com exceção do garoto Lucas, do Casemiro, do Rogério Ceni, que está lesionado. Então o problema nosso agora não é mais do plantel, o problema é o técnico. Agora se restabeleceu uma ordem", ressaltou.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também