Terça, 20 de Fevereiro de 2018

MERCADO DA BOLA

São Paulo pode fechar com Coates na segunda

16 JAN 2011Por TERRA09h:31

O São Paulo parece mesmo estar próximo de um acerto com o zagueiro uruguaio Sebástian Coates. Ricardo Alarcón, presidente do Nacional (Uruguai), clube que detém os direitos do jogador, confirmou neste sábado que o negócio pode ser concretizado na segunda-feira, informação que a diretoria tricolor não confirma.

"Consideramos que a proposta do São Paulo é interessante", declarou o mandatário à Rádio Globo, antes de dizer que o clube paulista enviou representantes ao Uruguai para cuidarem da negociação. Segundo Alarcón, uma reunião definirá se o negócio será fechado ou não.

O que o presidente não confirmou foram os valores oferecidos pelos brasileiros, que giram em torno dos R$ 5 milhões por 50% dos direitos federativos do atleta. Como não costuma desembolsar quantias deste porte para reforçar o elenco, a diretoria são-paulina pode contar com o auxílio de um parceiro, que pode ser o BMG, principal patrocinador do clube.

"Vemos a possibilidade de parceria com bons olhos, desde que o São Paulo tenha uma autonomia em relação ao jogador e não haja pressão por parte do parceiro. Adotamos essa prática com o Xandão e o Fernandinho, que vieram por intermédio da Traffic, e é muito bem sucedida. Mas antes precisamos saber os valores pedidos pelo Nacional", ponderou o diretor de futebol João Paulo de Jesus Lopes, sem confirmar a proximidade do acerto.

"Não acredito que o presidente do Nacional esteja mentindo, mas comigo não marcaram nada e o São Paulo ainda não apresentou valor algum aos uruguaios. Eles sabem do nosso interesse e estamos aguardando uma posição", acrescentou.

Jesus Lopes, no entanto, não negou que o clube esteja otimista em relação a um acerto. "A relação do São Paulo com o Nacional é muito boa, tradicional, de amizade. Isso sem dúvida favorece. O jogador, pelo que sabemos, também gosta muito do São Paulo e é amigo do Diego Lugano, que passa boas referências. Isso tudo nos torna otimistas".

A aprovação de seu ex-zagueiro foi um dos fatores que aproximou o clube de Coates, chamado de "Luganito" pela imprensa uruguaia. No Brasil, o defensor também estava na mira do Grêmio. Na Europa, despertou o interesse dos italianos Milan e Juventus.
 

Leia Também