segunda, 16 de julho de 2018

São Paulo espera quebrar jejum de três meses

5 JUL 2009Por 09h:30
     

        Da redação

        A última vitória do São Paulo fora de casa ocorreu há mais de três meses, ainda pelo Campeonato Paulista. Foi no longínquo 25 de março, diante do Noroeste, em Bauru (2 a 1). De lá para cá, muita coisa mudou no clube. Acabou eliminado no Estadual, também na Taça Libertadores, demitiu o vitorioso treinador Muricy Ramalho... E hoje tem "a obrigação" de conseguir vencer o Coritiba, no Couto Pereira, às 15 horas, para começar a consolidar a recuperação no Campeonato Brasileiro.
        "A expectativa é conseguir um bom resultado nessa partida para, de uma vez por todas, recuperarmos a tranquilidade e a confiança que perdemos nos últimos meses", afirma o volante Hernanes. "Espero que possamos apagar tudo de ruim que aconteceu neste ano e dar início a uma nova fase."
        O técnico Ricardo Gomes sabe que os 10 pontos que o time tem na tabela de classificação representam pouco para um clube tricampeão brasileiro. Mas, chegado ao Morumbi há 12 dias, ainda tenta encontrar a formação ideal. Hoje, com a volta de Miranda, que estava na seleção terá a volta de sua dupla de zaga titular. "Acho que eles não terão dificuldade no esquema com dois zagueiros, até porque já jogaram juntos assim muitas vezes com o Muricy."
        A dupla pode ser um trunfo para solucionar a fragilidade defensiva do São Paulo nos últimos tempos e tentar encontrar o rumo perdido nos duelos longe de casa. "Temos de buscar jogar fora como jogamos em casa. Precisamos impor o ritmo da partida desde o começo."
        Ricardo Gomes já definiu que o goleiro titular continuará sendo Denis, mesmo com a volta de Bosco, recuperado de lesão no joelho. "Quero ter sempre o goleiro que estiver com mais confiança", indicou, ao explicar por que mantém o jogador que atuou nas últimas oito partidas. Jorge Wagner deve entrar na vaga de Richarlyson, lesionado, na meia-esquerda. "O meio-campo ficaria desequilibrado com o Jean ou o Arouca (ambos destros) ali por aquele lado. O Jorge vai bem."
        VOLTA PARA CASA
        Será a primeira partida do jovem Marlos contra o clube que o revelou. Tudo indica que os torcedores do Coritiba entoarão gritos contra o meia, que preferiu defender o São Paulo em vez de renovar contrato com os paranaenses. "Isso é uma coisa tranquila para mim. Já estou preparado. Saí de lá com a torcida um pouco magoada", conta o jogador.
        O Coritiba está em crise. Na zona de rebaixamento, tem apenas sete pontos e é o time que mais derrotas sofreu na competição até agora: cinco. Perdeu para a equipe reserva do Internacional por 3 a 0 na última rodada, em Porto Alegre, e vai para o jogo desfalcado dos zagueiros Pereira e Felipe e do meia Carlinhos Paraíba. (informações do Estadão) var keywords = "";

Leia Também