Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

São Paulo encara o Goiás para se manter no topo

28 NOV 2009Por 18h:00
     

        Da redação

        O São Paulo tem a chance - remota, todos admitem - de conquistar o incrível tetracampeonato brasileiro neste domingo, às 16 horas, diante do Goiás, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. Precisa vencer e torcer para seus rivais tropeçarem. Circunstâncias que dificilmente vão ocorrer de forma concomitante, mas o campeonato está tão equilibrado quanto imprevisível e o time não quer deixar escapar pelos dedos da mão que já acaricia a taça a chance de, pelo menos, permanecer na ponta.
        As brigas no Superior Tribunal de Justiça Desportiva vão ser deixadas de lado. Pelo menos até a próxima semana, quando André Dias e Hugo serão julgados por atrito no jogo contra o Vitória (vitória por 2 a 0, no Morumbi), e Richarlyson por expulsão diante do Botafogo (derrota por 3 a 2, no Engenhão). Os desfalques - além do volante, Miranda, Borges e Dagoberto não atuam por suspensão - deverão ser esquecidos. Acima de todos os problemas está a vitória.
        "Esperava contar com todo mundo, não posso falar que estou satisfeito, mas vou levando", afirmou o técnico Ricardo Gomes. "Ganhar do Goiás aumenta bastante as nossas chances, mas não acredito em título no domingo. Só que futebol é imprevisível. E é bom que seja assim".
        Tão imponderável que o São Paulo pode começar a rodada na liderança, mas terminá-la num terrível - devido às circunstâncias - quarto lugar. "Precisamos estar focados, com toda a concentração possível, porque o momento é muito delicado", afirmou o goleiro e capitão Rogério Ceni. "Qualquer deslize e podemos precisar jogar a repescagem (fase preliminar) da Libertadores".
        O goleiro não consegue imaginar que a equipe possa perder neste domingo e ainda tropeçar diante do Sport, no próximo domingo, em pleno Morumbi. Mas a chance também existe, o que seria trágico para o futebol do clube, já que nem a vaga na competição continental está matematicamente garantida ainda - falta só um ponto.
        Ricardo Gomes já definiu a equipe que enfrenta o Goiás. Só não a divulgou. Rodrigo deve entrar na defesa mesmo depois de ficar um mês afastado dos campos por causa de uma fratura na mão direita. "Ele não está na melhor das condições, mas tem experiência. Então, a decisão será minha". Hugo vai substituir Dagoberto no ataque. O técnico e a torcida esperam que o meia seja tão decisivo quanto no Brasileirão do ano passado, quando marcou 14 gols. Jean volta ao time para dar equilíbrio à ala direita, onde estava Adrián González. (informações do Estadão)
        
        

Leia Também