Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

PAULISTÃO

São Paulo e Corinthians duelam hoje

27 MAR 2011Por g100h:01


Na tabela do Campeonato Paulista, São Paulo e Corinthians se destacam como o segundo e o terceiro ataques mais positivos da competição, ficando atrás do Santos, líder do quesito. Mas, analisando a distribuição dos gols nas duas equipes que se enfrentam às 16h deste domingo, na Arena Barueri, é possível perceber uma diferença latente. Enquanto o Tricolor divide seus 31 tentos entre um número maior de jogadores, o Timão concentra dez dos 29 marcados em Liedson.

O São Paulo tem nos seus velozes atacantes os principais artilheiros. Dagoberto tem seis gols, enquanto que Fernandinho aparece logo em seguida, com quatro. O time do Morumbi ainda tem uma boa opção na bola parada. Rogério Ceni, que neste domingo pode chegar ao seu 100º gol na carreira, também já fez quatro neste campeonato. Na sequência, aparece o polivalente Jean, com três tentos.

A soma de gols entre Dagoberto e Fernandinho é exatamente o número de gols que Liedson, sozinho, marcou pelo Corinthians. O atacante, que chegou há pouco mais de um mês de Portugal, já é o artilheiro do Campeonato Paulista, ao lado de Elano, do Santos. A distância entre o camisa 9 do Timão e o segundo maior goleador da equipe é grande. Dentinho e Fábio Santos aparecem bem abaixo na tabela, com somente três gols cada um.

saiba mais

Confira a classificação do Paulistão
Embora enalteça o potencial do seu principal artilheiro, o técnico Tite evita colocar o Corinthians com uma dependência de Liedson. O treinador afirma que o atacante está em boa fase não só pelo talento que tem, mas também pelo meio-campo alvinegro ter criado bastante alternativas nas partidas.

- O Liedson é um grande jogador, sem dúvida nenhuma. Mas quando ele não jogou, atuou o William, que fez dois gols. E, se isso aconteceu, é porque o meio criou. A mecânica da equipe está funcionando bem, o que é importante se ressaltar. Com o passar dos jogos, a tendência é isso melhor, já que a repetição acaba trazendo o entrosamento - avaliou o treinador.

No São Paulo, Fernandinho diz que os números do ataque tricolor mostram que o setor não depende apenas de um jogador.

- O São Paulo sempre está acima de tudo. Veja que o Dagoberto além de marcar gols, também se destaca nas assistências, mostra que não é fominha. Aqui não temos um grupo que privilegia o individual. O importante é o time vencer - ressaltou o camisa 12.

O técnico Paulo César Carpegiani espera que a eficiência do ataque solidário, que não foi bem na derrota para o Paulista, quando perdeu muitas chances, esteja de volta contra o rival.

- O time criou muito na última partida, mas teve não competência para marcar os gols e o resultado acabou fugindo das nossas mãos. Contra o Corinthians, será um jogo complicado, mas estamos prontos para fazer uma grande partida - finalizou o treinador.


 

Leia Também