Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESPORTES

São Paulo e CBF divergem sobre projeto do Morumbi

São Paulo e CBF divergem sobre projeto do Morumbi
02/04/2010 22:55 -


São Paulo

O São Paulo não recebeu bem as críticas do presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Ricardo Teixeira, ao projeto do Morumbi para a Copa do Mundo de 2014. Apesar de a CBF alegar que o estádio são-paulino não terá condições de fazer a abertura do torneio no Brasil, o presidente Juvenal Juvêncio emitiu nota oficial para reiterar sua confiança em receber o primeiro jogo do Mundial. “Temos certeza de que o Morumbi atenderá a todas as exigências da Fifa para ser a abertura do Mundial de 2014. O São Paulo tem até o dia 3 de maio para entregar o projeto elaborado pelo escritório alemão GMP (Gerkan, Marg und Partner) que atende às últimas solicitações do Comitê Técnico da Fifa para que a maior cidade do país abrigue o primeiro jogo da Copa”, veiculou um trecho do comunicado.

A diretoria tricolor apega-se aos recentes contatos com a Fifa para manter o otimismo em ter o Morumbi escolhido para a abertura do Mundial. “Estamos confiantes de que seguimos no caminho certo pelo que nos foi relatado na última reunião, em Zurique, na visita dos inspetores da Fifa ao Morumbi, e na entrevista coletiva concedida pelo secretário-geral Jeróme Valcke, que disse claramente que o projeto do Morumbi preenchia todos os requisitos pedidos pela entidade”, encerrou a nota de Juvenal Juvêncio.

Por outro lado, o goleiro Rogério Ceni foi um dos destaques do São Paulo no empate por 0 a 0 com o Monterrey, quarta-feira, pela Copa Libertadores da América.  Com o resultado, o Tricolor chegou aos dez pontos e não pode mais ser alcançado pelo Monterrey, que só tem esperanças em caso de tropeços do Once Caldas.

Felpuda


Dois pedidos de desculpas, de autorias diferentes, foram assuntos muito comentados nas redes sociais com críticas ácidas às suas declarações, até porque os envolvidos não só os usaram despropositadamente, como tiveram de voltar a eles para se redimirem. Um deles, inclusive, quase criou uma crise política da-que-las, o que obrigou seu pai, figurinha carimbada, a pular miúdo para colocar panos quentes sobre a questão. Essa gente!...