Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

São Paulo dá o troco e vence Cruzeiro por 3 a 0

31 MAI 2009Por 19h:50
     

        Da redação

        Nos últimos dias, o São Paulo só tem pensado no Cruzeiro. Depois de perder para o time mineiro no meio de semana, pelas quartas-de-final da Copa Libertadores, foi a vez de a equipe paulista enfrentar o elenco celeste no Campeonato Brasileiro. Assim, o São Paulo conseguiu dar o troco no adversário e venceu por 3 a 0, neste domingo, conquistando o primeiro triunfo na competição nacional.

        A próxima partida entre as duas equipes, agora pela volta da Libertadores, será realizada dia 17 de junho, dentro de três semanas, no Estádio do Morumbi. Para avançar no torneio sul-americano, o time paulista precisa vencer por 1 a 0 ou por dois gols de diferença, já que perdeu a ida por 2 a 1.

        No dia em que a Fifa confirmou a capital paulista como sede da Copa do Mundo de 2014, a cidade tenta agora se garantir como local da abertura do Mundial.

        A torcida tricolor, que vestiu camisa amarela para comemorar a escolha de seu estádio, teve motivos para ficar satisfeita com a equipe, que foi alterada por Muricy Ramalho para conquistar sua primeira vitória neste Nacional. Hernanes, Dagoberto e Jorge Wagner foram barrados. Assim, Marlos, Borges e Junior Cesar foram colocados em campo.

        Sem sofrer ameaças, o time tricolor abriu vantagem aos 12min do primeiro tempo com Washington que, depois de lançamento de Miranda de longe, disputou pelo alto dentro da área com dois zagueiros cruzeirenses. Na falha dos dois defensores, o jogador tocou para as redes de cabeça.

        Aos 31min, o time de Muricy Ramalho ampliou a vantagem. Marlos fez jogada pela direita e passou para Zé Luis, que cruzou na pequena área para Borges completar para as redes. O atacante, que durante a semana reclamou por ter ficado no banco, correu para comemorar diante da torcida.

        O São Paulo continuou mais perigoso no segundo tempo e, sem dar chances aos visitantes, marcou o terceiro aos 27min. Dagoberto recebeu lançamento na direita e chutou forte, rasteiro, para balançar as redes da meta defendida pelo goleiro Fábio. Depois do gol, o São Paulo só precisou administrar o resultado para manter a festa.(informações do Terra)

Leia Também