Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SPFC

São Paulo confirma estreia de fabuloso

São Paulo confirma estreia de fabuloso
18/04/2011 13:31 - superesportes


O São Paulo anunciou nesta segunda-feira que a data de estreia de Luís Fabiano pelo clube será no dia 27 de abril, contra o Goiás, pela Copa do Brasil. Havia ainda uma indefinição quanto ao local do jogo, mas o Tricolor divulgou que os problemas no gramado do Morumbi serão sanados até a partida e, com isso, o estádio será o utilizado diante dos goianos.

"Essa foi a melhor notícia que eu poderia receber. A minha ansiedade já era grande em estrear pelo São Paulo, sabendo que será no Morumbi, que espero estar lotado, deixa essa expectativa ainda maior", comemorou o atacante, ao site oficial do clube.

O gramado do Morumbi sofreu bastante com a série de três shows da banda U2 e, por isso, o clube precisou consultar especialistas para saber quando poderá voltar a jogar em sua casa. Na manhã desta segunda, técnicos realizaram uma avaliação e chegaram à conclusão de que o campo estará pronto para o jogo do dia 27.

Enquanto isso, Luís Fabiano acelera sua recuperação da tendinite no joelho direito, lesionado ainda na época em que atuava pelo Sevilla, da Espanha. Desta forma, o técnico Paulo César Carpegiani achou melhor deixá-lo fora do compromisso de quarta-feira, o primeiro contra o Goiás, em Goiânia.

"Gostaria de contar com o Luís Fabiano, mas acho muito difícil no dia 20. Estamos à espera da palavra do departamento médico. Apesar da vontade do jogador, sabemos que existem algumas dificuldades. A preparação de um atacante é diferente dos outros", justificou o comandante.

Como chegou ao São Paulo depois do fim das inscrições no Campeonato Paulista, Luís Fabiano não tem condições legais de jogar no Estadual e só está apto a atuar na Copa do Brasil. Depois, o camisa 9 defenderá o Tricolor no Campeonato Brasileiro e também na Copa Sul-americana.

Felpuda


Em uma das eleições em MS, candidato já oficializado na convenção corria o trecho para conquistar os eleitores. Mal sabia, porém, que time do seu partido e de aliados estava tramando sua derrubada para emplacar substituto que teria mais votos. Por muito pouco, o dito-cujo não foi guilhotinado, conseguindo salvar o pescoço. Agora tudo indica que o mesmo processo estaria em andamento e seria mais fácil, pois a “vítima” desta vez ainda é só pré-candidato. Dizem que a “turma da trairagem” tem know-now no assunto.