Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

São Paulo busca reagir no Brasileirão enfrentando o Cruzeiro

15 AGO 2010Por 14h:30
     

        Roberto Costa

         

Sérgio Baresi ganhou a chance de sua vida no São Paulo. Oportunidade que traz consigo seus riscos e suas possibilidades. O jovem técnico - é por meses mais novo que o goleiro Rogério Ceni, embora ambos tenham 37 anos - começa a mostrar se sua carreira será alçada ao rol dos nomes consagrados ou ao abismo do esquecimento a partir deste domingo. O treinador, ainda considerado interino, faz seu primeiro jogo à frente de um time de ponta do futebol brasileiro. Arma o São Paulo que tem a missão de se encontrar após a dolorosa eliminação na Copa Libertadores - perdeu para o Internacional nas semifinais.

Se vencer o Cruzeiro, às 16h, no Morumbi, dá um passo importante para mostrar à direção do clube que não há pressa para contratar um técnico efetivo. Ao mesmo tempo, candidata-se a entrar de vez no arriscado mercado de treinadores no Brasil, que coloca profissionais num pedestal ou lhes relega ao ocaso no espaço de um título para uma derrota.

"Não há novidade nenhuma. A carreira de um técnico é assim", explicou Baresi. "Meu pensamento está focado em reabilitar o São Paulo e, por consequência, mostrar meu trabalho para o mercado de treinadores". A tarefa é dura. Há desfalques - os lesionados Alex Silva (joelho direito), Rodrigo Souto (tornozelo), Xandão e Richarlyson (contusões musculares) e o suspenso Miranda. E um time bastante abalado e desmobilizado para revigorar.

Com informações da Agência Estado

         

Leia Também